Alunos do Projeto Defesinha conhecem a Praia das Casuarinas

O primeiro dia de atividades externas do Projeto Defesinha – Verão 2020, promovido pela Defesa Civil de São Pedro da Aldeia, levou crianças e adolescentes à Praia das Casuarinas, localizada no município de Cabo Frio. Durante o encontro desta terça-feira (07), os participantes acompanharam uma palestra sobre adaptação ao meio líquido, em que aprenderam sobre valas e correntezas, além de atividades de recreação. O projeto continua nesta quarta-feira (08), às 7h30, com visita à Praia do Sudoeste.

Foto: Renato Fulgoni

O coordenador-geral da Defesa Civil aldeense, Marcus Dothavio, destacou que a programação foi dedicada a instruções de adaptação ao meio líquido e, por isso, o projeto foi para uma praia de mar aberto. “Dentro das atividades do nosso cronograma de ensino, colocamos a instrução de adaptação ao meio líquido para eles conhecerem o mar, a correnteza e aprenderem a identificar as bandeiras de sinalização dos guarda-vidas do Corpo de Bombeiros, para que eles possam ter um lazer seguro. Sabemos que eles serão multiplicadores do conhecimento que passamos hoje e, quando forem à praia com pais, familiares ou amigos, saberão onde é seguro”, explicou.

Foto: Renato Fulgoni

Para marcar o início das atividades na Praia das Casuarinas, os pelotões “Defesinha”, “Defensores” e “Protetores” fizeram um alongamento. Durante os momentos de recreação, os participantes, ainda separados de acordo com a faixa etária, tomaram banho de mar sob a supervisão dos monitores voluntários. Em seguida, os alunos participaram da palestra de adaptação ao meio líquido, em que receberam orientações sobre correntezas e identificação das correntezas de retorno, também conhecidas como valas, no mar.

Foto: Renato Fulgoni

Quem acompanhou tudo de perto foi Cristiane Oliveira, mãe dos autistas Renan e Israel, que participam do projeto pela primeira vez. “O que eu espero é que eles socializem mais e possam ter os mesmos objetivos das outras crianças; que eles possam aproveitar bastante. Essa é uma boa iniciativa da Defesa Civil, acho que todos os projetos tinham que oferecer essa inclusão para crianças especiais, porque muitos são limitados e nem todos têm acesso; aqui eles são iguais. Meus filhos estão adorando e eu também”, afirmou.

Foto: Renato Fulgoni

Ao todo, 300 crianças e jovens com idade entre 04 e 14 anos estão participando da edição 2020 do projeto educacional da Defesa Civil aldeense. Entre os principais objetivos do Defesinha estão proporcionar atividades de cidadania e promover cultura, integração e inclusão social. O encerramento, com formatura, está previsto para acontecer no dia 30 de janeiro.

Fechar Acessibilidade