Banda Marcial da Escola Mz. Paineira se apresenta em formatura militar

Os alunos integrantes da Banda Marcial Fênix Paineira se apresentaram na cerimônia militar de Formatura de Aperfeiçoamento dos Sargentos Aviadores, realizada na última quarta-feira (09), na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia. Os músicos são estudantes da Escola Mz. Paineira, localizada no bairro Balneário. O secretário de Educação, Alessandro Teixeira Knauft, a coordenadora geral de Políticas Pedagógicas, Elizangela Rigueira, e as diretoras da unidade escolar, Cristiane Mota e Sulamita Bento, estiveram presentes na solenidade.

Foto: Lílian Souza

De acordo com a diretora Cristiane Mota, a Banda Marcial é um projeto levado pelo sargento João Ricardo Giovani, abraçado pelos demais instrutores, que veio para somar com a equipe de direção da escola. “Com a Banda, temos resgatado alunos que antes não tinham nenhuma perspectiva de vida. Começamos com uma turma de 33 estudantes e agora já estamos com 53 participantes. O comandante nos convidou para prestigiar a formatura e aceitamos de imediato. Ele, ainda, nos presenteou com uma blusa para cada integrante. Com isso, nossa Banda tem crescido, os alunos têm se destacado cada vez mais e até despertado uma visão profissional de músico”, afirmou.

Foto: Lílian Souza

O projeto tem como objetivo primário complementar a educação dos jovens e adolescentes envolvidos, trabalhando valores como disciplina, espírito de equipe, a valorização da escola, respeito aos mais velhos e aos professores, além do aprendizado de música. Os responsáveis e instrutores da Banda Marcial são os sargentos João Ricardo Giovani, Sandro Marques de Souza e Felipe Eduardo de Oliveira.

Foto: Lílian Souza

Segundo um dos instrutores da banda, o sargento Felipe Eduardo de Oliveira, o projeto visa, por meio da música, ensinar valores civis, de educação, comportamento e social para os alunos. “A partir da música, queremos fazer com que eles se preparem para concursos voltados para essa área. Temos ensaios às terças e quintas-feiras, aulas de teorias musicais e instrumentação. Primeiramente, passamos a iniciação musical, além da preparação militar, que ensinamos sobre terem um comportamento unifico, pois todos precisam estar em harmonia, e também sobre ordem unida. Após isso, eles são ingressados na banda”, explicou.

Foto: Lílian Souza

Para participarem e permaneceram na composição da Banda Marcial Fênix Paineira, os alunos precisam respeitar regras militares e pedagógicas, como não ter médias escolares vermelhas, advertências ou suspensões, e precisam ter disciplina exemplar.

Foto: Lílian Souza

Para a aluna do 9º ano, Maria Eduarda Souza, de 14 anos, participar da banda é muito gratificante. “Tocar na Marinha foi incrível, fiquei toda arrepiada, pois é uma coisa que não imaginávamos. Sou da primeira turma da banda e no início do projeto estávamos inseguros, não tínhamos quase nenhum instrumento. Hoje estamos tendo essa oportunidade incrível e importante para a gente”, comentou.

Foto: Lílian Souza

Mãe da integrante Janaina Rangel, Sandra Valéria Rangel afirmou estar muito alegre em ver sua filha participando do projeto. “Ela está interagindo muito bem, muito mais disciplinada, e com o sonho de querer ingressar na Marinha. Estou satisfeita, como muitos outros pais também estão. Essa é uma oportunidade imensa e agradeço a todos, principalmente aos instrutores e as diretoras da escola”, afirmou. 

Foto: Lílian Souza
Fechar Acessibilidade