400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Alunos aldeenses participam de projeto sobre uso indevido de drogas

Por Marianne Rodrigues em 07/06/2017
Imagem da Notícia: Os alunos das Escolas Municipais Lucinda Franciscone Medeiros, no Porto do Carro, Capitão Costa, na Cruz, Francisco Paes de Carvalho Filho, no bairro Boqueirão, Retiro, no bairro de mesmo nome, participaram de um projeto de extensão sobre uso indevido de drogas, do curso de Psicologia da Universidade Veiga de Almeida. ao todo, 210 alunos já participaram das palestras. Até o fim do semestre, o projeto passará também pela unidade escolar Profª Maria da Gloria dos Santos Motta, na Praia Linda.

Os alunos das Escolas Municipais Lucinda Franciscone Medeiros, no Porto do Carro, Capitão Costa, na Cruz, Francisco Paes de Carvalho Filho, no bairro Boqueirão, Retiro, no bairro de mesmo nome, participaram de um projeto de extensão sobre uso indevido de drogas, do curso de Psicologia da Universidade Veiga de Almeida. ao todo, 210 alunos já participaram das palestras.  Até o fim do semestre, o projeto passará também pela unidade escolar Profª Maria da Gloria dos Santos Motta, na Praia Linda.



 De acordo com o estudante de Psicologia e conselheiro em dependência química, José Ricardo da Silva,os alunos têm demonstrado muita curiosidade sobre o assunto. “Os adolescentes são mais vulneráveis não apenas pela influência e necessidade de aprovação do grupo, mas por fatores biológicos, como o desenvolvimento do cérebro. Eles precisam ter postura para não ceder à pressão do grupo”, ressaltou.https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif



De maneira lúdica, as informações são repassadas por meio de palestras vivenciais, exibição de vídeos e dramatização. O projeto tem por objetivo sensibilizar e orientar adolescentes sobre o uso indevido de drogas, oferecendo subsídios para que eles internalizem os comportamentos de riscos, se fortaleçam e desenvolvam um senso crítico para dizer não com convicção. Visa ainda orientar, informar e promover reflexões sobre o tema, colaborando, assim, com a possibilidade de redução do índice do uso de drogas e suas problemáticas na população infanto-juvenil da região.