Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Assistência Social participa de capacitação sobre medidas socioeducativas

Por Raíra Morena em 30/09/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, participou de uma capacitação sobre o serviço de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, que prevê a responsabilização e o acompanhamento socioassistencial a crianças e adolescentes autores de ato infracional. O encontro foi promovido pelo Departamento de Proteção Social Especial do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e destinado aos municípios de todo o Estado. Representando o município aldeense estiveram presentes os membros da equipe técnica da Secretaria, Luciana Souza, Wanessa Coutinho e Ana Paula Ribeiro.

            A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, participou de uma capacitação sobre o serviço de Medidas Socioeducativas em Meio Aberto, que prevê a responsabilização e o acompanhamento socioassistencial a crianças e adolescentes autores de ato infracional. O encontro foi promovido pelo Departamento de Proteção Social Especial do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e destinado aos municípios de todo o Estado. Representando o município aldeense estiveram presentes os membros da equipe técnica da Secretaria, Luciana Souza, Wanessa Coutinho e Ana Paula Ribeiro.

               A capacitação foi promovida pelo coordenador geral de Medidas Socioeducativas do Departamento de Proteção Especial do MDS, Francisco Brito, com o tema “Medidas Socioeducativas em Meio Aberto”, que atende os princípios e diretrizes do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase). De acordo com a integrante da comissão municipal intersetorial do Sinase, Luciana de Oliveira, o encontro foi mais um avanço na elaboração do Plano de Atendimento Socioeducativo. "Essa capacitação veio  fortalecer as ações que temos realizado, a fim de promover e garantir a qualidade do atendimento aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa. Criamos um grupo de trabalho intersetorial e estamos em constante articulação, promovendo reuniões para construção do Plano de Atendimento Socioeducativo, em parceria com as secretarias de Saúde, Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Trabalho e Renda, além do setor Judiciário, Ministério Público, entre outras entidades”, ressaltou.

Ao longo do encontro, foram apresentados o histórico e dados gerais do Sinase no contexto estadual, além de orientações aos gestores dos diversos municípios para elaboração do diagnóstico local do Plano de Acolhimento. Foram abordados também os principais problemas enfrentados pelos jovens envolvidos com ato infracional, como drogas e alcoolismo, evasão escolar, entre outras causas. O Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo vai incluir as diretrizes, objetivos, metas, prioridades, formas de financiamento e gestão das ações de atendimento para os próximos dez anos. Após concluído, será apresentado ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente para aprovação.