Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Assistência Social participa de encontro estadual sobre trabalho infanto-juvenil

Por Gabrielly Costa em 30/06/2016
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, participou do II Encontro Estadual: O trabalho infanto-juvenil e a execução das medias socioeducativas nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizado no Rio de Janeiro. Representando o município, participaram do encontro a coordenadora das Proteções Básica e Especial, Wânia Arruda, coordenadora do CREAS, Melissa Santos, técnica de referência da medida socioeducativa (MSE) do CREAS, a advogada Luciana Rodrigues, a orientadora social do CREAS, Daiana Paulino, e a assistente social do CRAS São João, Natalia Moraes.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, participou do II Encontro Estadual: O trabalho infanto-juvenil e a execução das medias socioeducativas nos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizado no Rio de Janeiro. Representando o município, participaram do encontro a coordenadora das Proteções Básica e Especial, Wânia Arruda, coordenadora do CREAS, Melissa Santos, técnica de referência da medida socioeducativa (MSE) do CREAS, a advogada Luciana Rodrigues, a orientadora social do CREAS, Daiana Paulino, e a assistente social do CRAS São João, Natalia Moraes.

“Essa capacitação é muito importante para a interação com todos os funcionários. A assistente social Natalia e a advogada Luciana são concursadas e poderão continuar o trabalho. Nesse encontro, tivemos conhecimento dos serviços da média complexidade e sobre o panorama geral da atual situação, repassados pelo Estado”, destacou a coordenadora das Proteções Básica e Especial, Wânia Arruda.

Ministrado por técnicos da Proteção Especial da Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, o evento teve como objetivo discutir e refletir sobre a adolescência; corroborar com o fortalecimento dos CREAS enquanto espaço de execução das MSE em meio aberto, além de incentivar a implementação das cinco estratégias de ações para prevenção e erradicação do trabalho infantil, entre outros.