Atalhos de Acessibilidade


Rumo aos 400 anos de São Pedro da Aldeia

Prefeitura de
São Pedro
da Aldeia

Você está em:   Skip Navigation Links

Sala de Imprensa

Notícias

Assistência Social promove reunião para discutir Plano de Acolhimento para Crianças e Adolescentes
RSS
Por Raíra Morena em 15/09/2014

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, promove nesta quarta-feira (17), a partir das 9h, uma nova reunião para discutir o Plano Municipal de Acolhimento da Rede de Serviços de Acolhimento para Crianças, Adolescentes e Jovens. Na ocasião, novas etapas da elaboração do Plano serão debatidas pelo Grupo de Trabalho, que é composto por membros da pasta, da Secretaria de Educação, Conselho Tutelar, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e instituições sociais conveniadas. O documento, em fase de finalização, engloba a normatização dos serviços que oferecem acolhimento provisório para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva. A reunião será na sede da Secretaria, na Rua Hermógenes Freire da Costa, nº 19, Centro.

                De acordo com o assistente social Gabriel Mendes, da equipe de Gestão do SUAS da Secretaria e responsável por coordenar as reuniões, o objetivo do encontro é avançar nas discussões para a construção do Plano. “A proposta é darmos continuidade ao processo de elaboração do Plano, em conjunto com os diversos segmentos da sociedade. É de responsabilidade do município assumir esse compromisso com o reordenamento dos serviços de acolhimento já existentes, como o Família Acolhedora, que é um programa já implantando no município. Além disso, através do Plano, discutiremos também a implantação qualificada de novos serviços, como o Abrigo Municipal, que também está em vias de inauguração em São Pedro da Aldeia”, destacou.

O Plano de Acolhimento é um instrumento de planejamento da gestão municipal que contém ações, metas, responsáveis e prazos, visando à adequação da oferta de Serviços de Acolhimento para Crianças, Adolescentes e Jovens no território, devendo englobar tanto o reordenamento dos serviços preexistentes que estiverem em desacordo com as normativas vigentes, quanto a implantação de novas modalidades de serviços. Após concluído, o Plano será apresentado ao Conselho de Assistência Social e encaminhado, em um prazo de até seis meses após a formalização do aceite, ao órgão gestor estadual da Assistência Social que, por sua vez, deverá sistematizar as informações do município e encaminhá-las ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

  • Valid XHTML 1.0 Transitional
  • Selo de Acessibilidade - DaSilva
Desenvolvido por NPI Brasil Rua Marques da Cruz, 61 - Centro / (22) 2621-1559
CEP: 28941-086