400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Audiência Pública aldeense discute política para idosos com comissão da Alerj

Por Luana Macêdo em 16/10/2015
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, promoveu uma audiência pública com a Comissão do Idoso da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), nesta sexta-feira (16). A reunião contou com a presença da Deputada Estadual Tia Ju, Presidente da Comissão da Criança, Adolescente e Idoso da Alerj. O tema principal de discussão foi a valorização da pessoa idosa e o cumprimento do Estatuto do Idoso. A Subsecretária aldeense de Assistência Social e Direitos Humanos, Olívia Sá, acompanhou todo o trabalho.



      A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, promoveu uma audiência pública com a Comissão do Idoso da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), nesta sexta-feira (16). A reunião contou com a presença da Deputada Estadual Tia Ju, Presidente da Comissão da Criança, Adolescente e Idoso da Alerj. O tema principal de discussão foi a valorização da pessoa idosa e o cumprimento do Estatuto do Idoso. A Subsecretária aldeense de Assistência Social e Direitos Humanos, Olívia Sá, acompanhou todo o trabalho.



     “Agradeço a presença nessa audiência pública, sei que podemos contar com todos, que são as ferramentas e instrumentos de pluralização das informações. Sempre destaco que quando nos apropriamos de conhecimento, temos uma responsabilidade maior ainda de trabalho, com a causa idosa não é diferente. É muito importante a vinda da Deputada Tia Ju nesse mês, os grandes transformadores sociais estão nas nossas mãos. Precisamos ter sob o nosso campo de visão quem são esses idosos, quantos são, aonde estão e em que situação eles estão, para que possamos pensar no que deve ser feito. Agradeço em nome da nossa secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho, pela presença da parlamentar”, afirmou Olívia Sá.



   Presidente da Comissão da Criança, Adolescente e Idoso da Alerj, a Deputada Tia Ju, destacou o trabalho realizado em prol da terceira idade.




      “Estamos aproveitando os acessos e momentos para que possamos estar mais próximos dos municípios. Como Presidente da Comissão da Criança, Adolescente e Idoso vim para realizar essa audiência pública, com o objetivo de saber o que está ao nosso alcance para ajudar. Sempre destaco nas audiências que as leis brasileiras são as mais belas e completas, mas o que precisamos nesse atual momento é o cumprimento, tirá-las do papel, esse é o nosso desafio. As pesquisas apontam que dentro de alguns anos o Brasil será o país com maior número de população idosa, já que a expectativa de vida vem crescendo. Mesmo com todas as dificuldades que o país está enfrentando e o índice de estresse as pessoas estão vivendo mais. Fazer pelo idoso é beneficiar a todos”, contou a deputada.



     “O departamento de Envelhecimento Saudável  é recente em São Pedro da Aldeia. Estávamos associados diretamente aos Diretos Humanos, o Prefeito Cláudio Chumbinho destacando importância das discussões em prol do idoso criou esse setor. Atualmente, São Pedro da Aldeia é a terceira cidade com mais idosos na Região dos Lagos, com 60% da população na terceira idade. A Diretoria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de vida trabalha em conjunto com o Conselho Municipal do Idoso, faremos o possível para desenvolver políticas públicas para a pessoa idosa em São Pedro da Aldeia”, destacou o Diretor de Envelhecimento Saudável e Qualidade de vida, Vinícius Lavalle.

 

     O Dia Internacional do Idoso é comemorado anualmente em 1º de outubro. O dia foi instituído em 1991 pela ONU - Organização das Nações Unidas com o objetivo sensibilizar a sociedade para as questões do envelhecimento e da necessidade de proteger e cuidar a população idosa. Com a Lei nº 8.842, o Estado brasileiro já havia inserido a figura do idoso no âmbito da política nacional, dado que essa lei criava o Conselho Nacional do Idoso. No dia 1º de outubro de 2003, porém, foi aprovada a Lei nº 10.741, que tornou vigente o Estatuto do Idoso.