400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Autoridades e sociedade civil organizada participam da Primeira Conferência de Cultura de São Pedro

Por Mônica em 09/08/2013
Imagem da Notícia: A Primeira Conferência Municipal de Cultura de São Pedro da Aldeia reuniu mais de 360 pessoas, entre elas autoridades municipais - com representantes do Poder Executivo e Legislativo - estaduais e federais, e diversos segmentos da sociedade civil organizada, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa, nessa quinta-feira (08). O evento é preparatório para a III Conferência Nacional de Cultura. Instrumento legal de diálogo entre as instituições civis e o poder público, a Conferência serviu para que setores representantes da sociedade e governo avaliassem e propusessem políticas públicas de cultura.

A Primeira Conferência Municipal de Cultura de São Pedro da Aldeia reuniu mais de 360 pessoas, entre elas autoridades municipais - com representantes do Poder Executivo e Legislativo - estaduais e federais, e diversos segmentos da sociedade civil organizada, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa, nessa quinta-feira (08).  O evento é preparatório para a III Conferência Nacional de Cultura. Instrumento legal de diálogo entre as instituições civis e o poder público, a Conferência serviu para que setores representantes da sociedade e governo avaliassem e propusessem políticas públicas de cultura.

 

 

Na parte da manhã o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer de São Pedro da Aldeia e presidente da Conferência, professor Evaldo Bittencourt, recebeu os convidados e falou da importância do momento histórico que a cidade de São Pedro está vivendo:Esta conferência marca um divisor entre a Cultura de ações pontuais e a cultura pensada coletivamente a ser materializada num Plano Municipal de Cultura. Estamos felizes com os apoios dos Governos Federal e Estadual e temos olhares bem otimistas para que brevemente nosso Município possa ter Conselho de Cultura e esteja mais fortemente vinculado ao Sistema Nacional de Cultura. Todas as gerações aldeenses acreditam que mais cultura também eleva a qualidade de vida da população," disse Evaldo.

 


O secretário de Governo, Edmilson Bittencourt, que no evento representou o prefeito Claudio Chumbinho, falou do empenhado do prefeito para que a cidade cresça culturalmente.

 


Durante a programação foi exibido o curta metragem de autoria do professor Mario Marcio, “São Pedro da Aldeia”, que mostrou os principais patrimônios históricos da cidade.

Os quatro eixos da Conferência foram abordados pelas autoridades convidadas. O primeiro eixo: “Implementação do Sistema Nacional de Cultura” foi abordado por Delmar José Cavalcante da Silva, coordenador do Sistema Estadual de Cultura e representante do governo do estado.  A explanação do segundo eixo: “Produção Simbólica e Diversidade Cultural” ficou por conta de Pablo Rodrigues, representante da Federação de Teatro do Estado do Rio de Janeiro e do Sindicato dos Artistas. Para apresentar o terceiro eixo, “Cidadania e Direitos Culturais” foi convidada a senhora Clara Paulino Coordenadora da Casa de Patrimônio da Superintendência do IPHAN-RJ. O último eixo, “Cultura e Desenvolvimento Sustentável” foi apresentado por Marcelo Veloso, Chefe da Representação Regional do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro e no Espírito Santo.

 


 

A professora Cleisemary Campos – Coordenadora do curso de formação de gestores públicos e agentes culturais do estado do Rio de Janeiro – prestou informações sobre os cursos oferecidos pela secretaria de estado de Cultura.

 

 

Dando sequência ao evento, o Presidente da Conferência Evaldo Bittencourt fez a leitura do Regimento da Conferência e deu as diretrizes para as discussões nos grupos de trabalho.

Após as discussões nos quatro grupos de trabalho, foi realizada a eleição por aclamação dos dezoito delegados que irão representar o município de São Pedro da Aldeia na Conferência Estadual. Os delegados eleitos para representar a sociedade civil são: Arly Gonçalves, Vinícius Lavalle, Marlete Moreira Machado, Manoel Francisco Soares da Silva, Ludmila Macedo Leitão, Elisabeth Franco, Sylvia Barros Volotão Santos, Elisângela M. de O. Santos, Rita de Cássia Bittencourt Valadares, Lineane Silva Leite (Nany Leite), Álvaro Lopes e Marlene Correa da Silva.

 

 

Representarão o Poder Público na Conferência Estadual na condição de delegados: Rafael Carvalho Mendes, Nelson Yabeta Domingues, Flávio Rangel Ribeiro, Ludmila Travassos, Ronald de Carvalho Júnior e Mario Marcio dos Santos Soares.

 

 

Na última parte da Conferência foram feitas a leitura, discussão e votação das alterações propostas pelos grupos de trabalho no documento base da conferência.

 

 

Em dois momentos do evento, houve apresentações de esquete teatral e Ballet Clássico para que todos pudessem conhecer um pouco da cultura local. A Esquete “A Casa da Flor”, com a Cia Teatral Casa dos Azulejos mostrou a história do seu Gabriel Joaquim dos Santos e a construção da Casa Flor, importante monumento histórico de São Pedro da Aldeia.

 

 

No final do evento o secretário Evaldo Bittencourt aproveitou a oportunidade para apresentar a nova Chefe do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) de São Pedro da aldeia, Gabriela Rangel Silgueiro. Ela disse estar encantada com as belezas da cidade e prometeu fazer um trabalho voltado para a zona rural. Ela afirmou que o município de São Pedro da Aldeia é o que mais preserva o patrimônio cultural, entre os demais da região.