Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Camerata Laranjeiras emociona público do Aldeia Sunset

Por Renato Silveira em 24/04/2018
Imagem da Notícia: Recheado de emoção e beleza, o “Aldeia Sunset” foi um sucesso em São Pedro da Aldeia. O evento que homenageava o pôr do sol aldeense aconteceu no espaço da Casa dos Azulejos. O ponto alto do evento foi a apresentação da orquestra de cordas Camerata Laranjeiras, formada por jovens de diversas classes sociais do Rio de Janeiro e até de outros países, como Noruega. O “Aldeia Sunset” teve apoio da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Subsecretaria de Turismo. Marcaram presença os secretários de Governo, Eronildes Bezerra e de Educação Walzi Sampaio.

Recheado de emoção e beleza, o “Aldeia Sunset” foi um sucesso em São Pedro da Aldeia. O evento que homenageava o pôr do sol aldeense aconteceu no espaço da Casa dos Azulejos. O ponto alto do evento foi a apresentação da orquestra de cordas Camerata Laranjeiras, formada por jovens de diversas classes sociais do Rio de Janeiro e até de outros países, como Noruega. O “Aldeia Sunset” teve apoio da Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Subsecretaria de Turismo. Marcaram presença os secretários de Governo, Eronildes Bezerra e de Educação Walzi Sampaio.




Para o subsecretário de Turismo, Luiz Carlos Rocha,,que presenteou os integrantes com o livro "São Pedro da Aldeia: 400 anos", recentemente lançado pelo pesquisador Geraldo Ferreira, a apresentação da Camerata Laranjeiras na Casa dos Azulejos, dentro da festa Aldeia Sunset, mostra o diferencial do espaço.




“Tivemos a visita, apenas entre as assinaturas do livro de presença, de mais de 600 pessoas na tarde/noite de sábado. O público assistia à Camerata, no intervalo visitava o artesanato, comia algo na praça de alimentação e depois se deliciava novamente com boa música. Vamos trazer esses meninos de novo à cidade, assim que eles voltarem da Noruega, onde vão excursionar pela primeira vez”, afirmou.



            

O maestro da Camerata Laranjeiras, Tiago Cosmo, falou um pouco sobre o surgimento do trabalho.


 



 “Estamos juntos desde 2013, com a proposta de unir morro e asfalto, pessoas de diferente lugares e que tem em comum a paixão pela música, unindo um pouco essa cidade partida que é o Rio de Janeiro. Tivemos o apoio de amigos, gente da Noruega, do Brasil e estamos desenvolvendo o trabalho com alegria, misturando o erudito e o pop, com dança durantes as apresentações. Agora estamos nos preparando para a primeira excursão internacional e no dia 03 de maio estaremos embarcando para a Noruega. Mas antes disso, estamos fazendo essa apresentação num lugar especial e histórico como esse, que é a Casa dos Azulejos, que não conhecíamos e temos o prazer de estar tocando aqui neste cenário”, disse ele.