Atalhos de Acessibilidade


Rumo aos 400 anos de São Pedro da Aldeia

Prefeitura de
São Pedro
da Aldeia

Você está em:   Skip Navigation Links

Sala de Imprensa

Notícias

Caminhada de encerramento do Outubro Rosa reúne servidores públicos e sociedade civil
RSS
Por Raíra Morena em 31/10/2014

         A tarde ensolarada desta quinta-feira (30) em São Pedro da Aldeia foi de muita animação e sensibilização na caminhada de encerramento em prol do Outubro Rosa. Promovida pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos em parceria com o Movimento “Se Toca” e da Associação Amigas da Mama, a mobilização reuniu autoridades municipais, servidores públicos e representantes da sociedade civil organizada, que compareceram uniformizados ao Centro da cidade. A concentração foi na Praça da Igreja Matriz de São Pedro. O local recebeu decoração especial e uma tenda para orientações, encaminhamentos aos serviços de saúde, além da distribuição de panfletos, camisetas e o simbólico laço rosa. O evento teve como objetivo conscientizar a população para a prevenção e diagnóstico precoce da doença. Participaram da programação o vice-prefeito Iédio Rosa, representando o Prefeito Cláudio Chumbinho, o Secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Público e Esporte, Edmilson Bittencourt, a primeira dama e Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho, dentre outros secretários municipais e vereadores.

De acordo com a Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho, o alerta para a prevenção será um ato contínuo. "Durante todo o mês de outubro, realizamos eventos para conscientizar as mulheres da importância do auto exame para a prevenção ao câncer de mama. Mas quero deixar claro  que, mesmo com o término da campanha, o assunto não deve cair no esquecimento. Os especialistas da área já alertaram que o auto exame é muito importante para o diagnóstico e tratamento o quanto antes. Vamos continuar com a prevenção", ressaltou.  

O Secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Público e Esporte, Edmilson Bittencourt, falou sobre a importância do trabalho em parceria, que mais uma vez, viabilizou a realização da campanha no município. “A Prefeitura tem buscado parcerias para promover a campanha do Outubro Rosa, inclusive para a realização de exames. Esse trabalho em conjunto fortalece muito a luta contra o câncer de mama. Esse já é o segundo ano que o governo do Prefeito Cláudio Chumbinho participa ativamente. O nosso objetivo é mostrar para as famílias a importância de quebrar esse mito, de não ter vergonha de se cuidar, de se tocar. Deixar claro que a prevenção é a chave para manter a saúde em dia”, disse.

Uniformizados, os servidores públicos e os representantes da sociedade civil caminharam pelas principais ruas do Centro da cidade, mobilizando comércios e casas. O percurso, conduzido por um trio elétrico, foi acompanhado por Guardas Municipais, que garantiram a segurança aos participantes. Ao som do jingle animado, a ação atraiu olhares de moradores, lojistas e transeuntes. Em parceria com uma empresa de cosméticos, durante todo o dia a Prefeitura e a ONG Amigas da Mama distribuíram camisetas, panfletos, balões e elementos decorativos para a população, em uma tenda montada em frente à Igreja Matriz. No espaço, também foram fornecidas orientações para a marcação de mamografia e coleta de preventivo nos postos de saúde e no Centro de Saúde da Mulher de São Pedro da Aldeia.

Coordenador do Movimento Se Toca, o publicitário Marcel Figueira agradeceu o apoio da Prefeitura à campanha e destacou a importância da mobilização na cidade. “O Prefeito Cláudio Chumbinho e a primeira dama e Secretária de Assistência Social abraçaram a campanha para que São Pedro da Aldeia não deixasse de avançar. A parceria com o município se deu de forma muito espontânea, com muito carinho. Esse é apenas um encerramento simbólico, um grito de alerta, mas vamos trabalhar a prevenção durante todo o ano, que é justamente um pedido da Secretária Ester”, disse.

Com histórico de câncer de mama na família, a enfermeira Renata Lamoglia, moradora do bairro Porto da Aldeia, fez questão de se juntar à caminhada. “O município precisa desse tipo de manifesto. É muito importante que as mulheres se mobilizem, saiam de suas casas, que se toquem para a importância da prevenção e da detecção precoce do câncer de mama. Tenho uma tia-avó que faleceu da doença, é muito triste. Isso com certeza me despertou para essa necessidade de procurar um profissional e de manter sempre minha saúde em dia. Faço os exames preventivos anualmente, além do auto exame”, disse a moradora de 33 anos que, inclusive já realizou o exame clínico das mamas, apesar de não estar na faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde. “Em 2011 eu fiz a mamografia porque eu percebi um nódulo na minha mama direita, mas graças a Deus era apenas um cisto. Eu tratei imediatamente. Hoje eu sou 100% atenta à minha saúde, porque tudo aquilo descoberto precocemente, as chances de cura são muito maiores”, ressaltou.

Fundadora e presidente da ONG Amigas da Mama, Joelma Fidalgo, elogiou o engajamento do município à “onda rosa”. “Estou muito feliz em ver a grande adesão em São Pedro da Aldeia, principalmente porque essa é a primeira caminhada, nesses cinco anos de Movimento Se Toca, que nós fazemos no meio da semana e, mesmo assim, está lotada”, disse.

Durante todo o mês, as ações de prevenção ao câncer de mama e câncer do colo de útero foram intensificadas em todas as unidades de saúde de São Pedro da Aldeia. Em parceria com profissionais dos postos de saúde dos bairros, os seis CRAS ofereceram palestras sobre a Saúde da Mulher, requisição de mamografia para mulheres dentro da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde, agendamentos e coleta de preventivo, aferição de pressão arterial, recadastramento do Cartão SUS, cadastramento no CADÚnico, entre outros serviços. 

Além disso, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos realizou a decoração especial e iluminação temática de prédios públicos e pontos turísticos municipais, entre eles a Casa dos Azulejos, a Casa de Cultura Gabriel Joaquim dos Santos os moinhos na entrada da cidade.

Participaram da mobilização os secretários de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, de Planejamento, Cláudia Magalhães, os subsecretários de Assistência Social e Direitos Humanos, Olívia Sá; Educação, Edlúcia Marques, Ordem Pública, Jorge Ribeiro e Serviços Públicos, Jayme Gomes, a diretora de Direitos Humanos, Alba Guimarães, o coordenador municipal de eventos, Luiz Carlos Cruz, o presidente do Rotary Club, Daniel Rezende, os vereadores Robinho do Raio-X, André de Gilson e Adalberto Amaral, dentre outros servidores das diversas repartições públicas municipais e membros da sociedade civil.

  • Valid XHTML 1.0 Transitional
  • Selo de Acessibilidade - DaSilva
Desenvolvido por NPI Brasil Rua Marques da Cruz, 61 - Centro / (22) 2621-1559
CEP: 28941-086