Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

CMDCA realiza Fórum de Eleição das Organizações da Sociedade Civil em São Pedro da Aldeia

Por Marianne Rodrigues em 16/01/2017
Imagem da Notícia: Nesta segunda-feira (16), aconteceu o Fórum de Eleição das Organizações da Sociedade Civil para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de São Pedro da Aldeia.

 

 Nesta segunda-feira (16), aconteceu o Fórum de Eleição das Organizações da Sociedade Civil para compor o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de São Pedro da Aldeia. 


A reunião foi realizada na sede da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).  São aptas a serem votadas as organizações não governamentais de promoção, defesa e atendimento a crianças e adolescentes, constituídas no município e registradas no Conselho Municipal há, pelo menos, um ano. As entidades eleitas exercerão o mandato de quatro anos, no quadriênio 2017/2020.


 

O Fórum de Eleição foi coordenado pela Comissão Eleitoral designada pelo CMDCA. Também estiveram presentes na reunião os integrantes do Conselho Tutelar. A votação foi feita por aclamação. A posse dos novos membros do CMDCA será no dia 30 de Janeiro, no prédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. 


As cinco organizações não governamentais eleitas foram Patotinhas da Aldeia, Sementes do Amanhã, Aldeia da Infância Feliz, NEDVIDA – Núcleo de Assistência Social e Educação para vida Paulo de Tarso e Pastoral da Criança da Igreja Matriz de São Pedro.

 


De acordo com o Presidente do CMDCA, Valter Cordeiro, um dos papeis das entidades eleitas será representar o Conselho nas Políticas Públicas.

 

“Eles precisam sugerir para Prefeitura algumas ações que se fazem necessárias na defesa do direito da criança e do adolescente”, afirma Valter.

 

A Secretária Executiva do CMDCA, Shirley Simões, afirma a importância do papel do conselheiro nas decisões do que pode ou não ser feito dentro da política da criança e do adolescente.

 

“O Conselheiro tem que olhar a política como um todo, ter consciência. Não é só participar das reuniões, tem que estar envolvido na causa”, diz Shirley.