Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Comitê Gestor do “Cidades Empreendedoras” se reúne pela primeira vez

Por Gabrielly Costa em 07/07/2017
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou nesta sexta-feira (07) a primeira reunião do Comitê Gestor do Plano Municipal de Desenvolvimento de Pequenos Negócios. A ação faz parte do Programa Cidades Empreendedoras, do Sebrae/RJ, que visa a criação e implantação de políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas. O município aldeense foi escolhido pela entidade para representar a Região dos Lagos. O encontro, realizado no auditório da Aciaspa, contou com a participação do vice-prefeito Mauro Lobo, do Secretariado Municipal e de representantes da iniciativa privada.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou nesta sexta-feira (07) a primeira reunião do Comitê Gestor do Plano Municipal de Desenvolvimento de Pequenos Negócios. A ação faz parte do Programa Cidades Empreendedoras, do Sebrae/RJ, que visa a criação e implantação de políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas. O município aldeense foi escolhido pela entidade para representar a Região dos Lagos. O encontro, realizado no auditório da Aciaspa, contou com a participação do vice-prefeito Mauro Lobo, do Secretariado Municipal e de representantes da iniciativa privada.



O vice-prefeito Mauro Lobo falou sobre as conquistas da cidade. “São Pedro da Aldeia tem tido o privilégio de estar em evidência na região e no Estado. Agradeço mais uma vez ao Sebrae por ter nos escolhido para fazer parte desse programa, eles podem ter certeza que não escolheram errado. Ninguém faz nada sozinho e nós temos um grupo técnico e secretariado muito capacitados. Tenho muito orgulho de ser aldeense e participar desse desenvolvimento”, declarou.  



A primeira reunião do Comitê Gestor teve como tema “Liderança empreendedora”, abordando a importância desse tipo de liderança na gestão pública e no desenvolvimento do município. Na ocasião, também foram trabalhadas as diretrizes do Programa Cidades Empreendedores para os servidores que não participaram da apresentação.  



Coordenadora Regional do Sebrae/RJ, Ana Cláudia Vieira falou sobre a importância do Comitê Gestor. “O comitê monitora e implementa as ações ao longo desse um ano de duração do programa. Serão várias atividades de temáticas diferenciadas, como educação empreendedora nas escolas e desburocratização, entre outros. É um prazer estar aqui, a escolha de São Pedro da Aldeia não foi aleatória. O município cumpre todos os pré-requisitos exigidos”, salientou.  



O Comitê Gestor do Plano Municipal de Desenvolvimento de Pequenos Negócios é formado pelos responsáveis de todas as Secretarias Municipais. Também compõem o grupo as entidades Lion, Rotary Clube, Associação dos Contabilistas Aldeenses (Aconta), Associação Comercial, Turística, Industrial e Agrícola de São Pedro da Aldeia, (Aciaspa), Assentamento Ademar Moreira e Associação de Pesca da Baleia. “Além dos secretários, teremos mais um servidor para compor o grupo de execução”, explicou a secretária executiva do Comitê, Ivonete Santos.



O Secretário de Governo, Eronildes Bezerra, foi indicado como presidente do comitê pelo Prefeito Cláudio Chumbinho. “Gostaria de agradecer, desejar boa sorte e pedir o empenho de todos os envolvidos nesse programa. O município foi escolhido para participar de um game com 11 cidades. Esse é um jogo do bem, onde vamos construir uma São Pedro da Aldeia melhor, cada diz mais empreendedora e que visa cada vez mais o mercado de trabalho”, destacou Eronildes.



Assessor especial da Subsecretaria de Desenvolvimento Econômico e membro do Comitê Gestor, Paulo Jorge dos Santos destacou o papel dos empreendedores. “Nós somos a única cidade da região com a lei geral implantada. Por não termos uma participação muito grande nos royalties do petróleo, tivemos que desenvolver a arrecadação municipal atraindo grandes empresas. Incentivar o pequeno empresário vai fazer com que o dinheiro circule na região, o que melhora substancialmente a economia do município”, disse.



Desenvolvido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Rio de Janeiro (Sebrae/RJ), o “Cidade Empreendedora” será aplicado em 11 municípios do estado do Rio de Janeiro. Os critérios levados em consideração para a escolha das cidades participantes foram o status de lei geral municipal implementada, a densidade empresarial e o ambiente favorável para o desenvolvimento do programa.