400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Conferência Municipal de Educação 2015 será marcada por posse de professores e votação para o PME

Por Viviane Teixeira em 29/05/2015
Imagem da Notícia: Nos dias 2 e 3 de junho, próximas terça e quarta-feira, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia realiza, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa, a partir das 8h, a Conferência Municipal de Educação 2015. Neste ano, dois temas, de grande relevância para a educação aldeense, entram na pauta: a exposição e votação das 20 metas definidas em audiências públicas e que deram origem ao documento com metas e estratégias preliminares para o Plano Municipal de Educação – PME e a posse dos professores DOC I e II aprovados em concurso realizado no final de 2014.


 

Nos dias 2 e 3 de junho, próximas terça e quarta-feira, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia realiza, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa, a partir das 8h, a Conferência Municipal de Educação 2015. Neste ano, dois temas, de grande relevância para a educação aldeense, entram na pauta: a exposição e votação das 20 metas definidas em audiências públicas e que deram origem ao documento com metas e estratégias preliminares para o Plano Municipal de Educação – PME e a posse dos professores DOC I e II aprovados em concurso realizado no final de 2014.



Sobre o PME, vale lembrar que, desde outubro de 2014 já foram realizadas várias audiências públicas e fóruns abertos de discussões com o objetivo de formatar o documento que regerá toda a educação aldeense. Por determinação da Lei Federal nº 13.005, de 25/06/2014 que aprovou o PNE – Plano Nacional de Educação, o município terá até o mesmo dia e mês deste ano de 2015 para aprovar a lei do novo PME. Para isto, após a Conferência Municipal de Educação, momento no qual os delegados escolhidos na última audiência pública realizada nos dias 4, 6, 8 e 11 de maio votarão as 20 metas preliminares, será preparado o projeto de lei a ser votado pelo Legislativo Municipal. O próximo e definitivo passo para oficializar o Plano Municipal de Educação, que terá vigência de dez anos assim como o Nacional, será a sanção do Prefeito Cláudio Chumbinho.


Em toda a trajetória de discussões para formatação do PME de São Pedro da Aldeia já foram realizadas reuniões da Comissão do Plano Municipal com a equipe do Ministério da Educação – MEC e equipes de outros 22 municípios. Além disso, houve a primeira audiência pública, no dia 29 de outubro de 2014, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa; o 1º Fórum Temático, no dia 24 de novembro, que agrupou as 20 metas em 8 eixos temáticos; o 2º Fórum Temático, no dia 15 de dezembro, que mais uma vez agrupou as 20 metas em 8 eixos temáticos e as oito últimas audiências públicas realizadas em maio deste ano. Foi neste último momento que foram aprovadas as metas e estratégias preliminares para o PME e escolhidos os delegados que terão direito de voz e voto na Conferência Municipal.


Para o secretário municipal de Educação, professor Evaldo Bittencourt, o PME tem como principal objetivo melhorias e o aprimoramento da educação aldeense:


“Como dirigente municipal de Educação me sinto honrado e feliz por estar participando deste momento histórico e de extrema relevância para o nosso município. Uma vez aprovado, este novo Plano apontará os rumos que a política educacional deverá seguir em busca de uma educação cada vez melhor”, destacou.


Ainda no primeiro dia da Conferência Municipal de Educação (02/06), o prefeito Cláudio Chumbinho concretiza mais um grande passo para a educação aldeense.  O chefe do Executivo municipal dará posse oficial aos professores aprovados em primeiro lugar em cada segmento do concurso público. A cerimônia marca a efetivação desses profissionais na rede municipal de ensino de São Pedro da Aldeia. Os demais aprovados serão acolhidos, para assinatura de posse, na Escola de Artes, que funciona atrás do Teatro Municipal, nos dias 2 e 3 de junho.


Sobre este momento, o secretário municipal de Educação destacou a readequação da rede municipal à nova realidade:


“Este foi um passo muito significativo que o prefeito tomou ao realizar o concurso público e dar posse aos professores. A rede de ensino, assim, começa a ser reestruturada depois de oito anos sem posse de concursados”, finalizou.


Em função da Conferência Municipal de Educação, as escolas municipais não funcionarão nos dias 2 e 3 de junho.