Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

CRAS São João recebe encerramento do “Março Mulher” em São Pedro da Aldeia

Por Luana Macêdo em 26/03/2015
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, encerrou nessa tarde (26) o evento “Março Mulher”, que ofereceu programações em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Fechando o ciclo no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro São João, foram oferecidas palestras, dinâmicas e café da tarde, para os presentes. A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho prestigiou o evento.


A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, encerrou nessa tarde (26) o evento “Março Mulher”, que ofereceu programações em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Fechando o ciclo no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)  do bairro São João, foram oferecidas palestras, dinâmicas e café da tarde, para os presentes. A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho prestigiou o evento. 



"Foi uma programação feita para atender as mulheres, esclarecer as dúvidas e oferecer momentos de lazer. 

O resultado foi muito satisfatório. Nós da Assistência Social e Direitos Humanos vamos até a população, procurando atender os seus anseios", afirmou a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho.

O evento “Março Mulher” percorreu  os seis CRAS de São Pedro da Aldeia, oferecendo programações de saúde, palestras e dinâmicas, voltando as atividades para os cuidados da mulher.  Foram abordados temas como saúde da mulher, Lei Maria da Penha, Bolsa Família, entre outros.



Iniciando a programação no São João a palestra sobre o programa Bolsa Família esclareceu dúvidas sobre o programa federal. Em seguida, a psicóloga Kaynaia Maurício promoveu um debate com as mulheres sobre temas do cotidiano, como mercado de trabalho, força da mulher e obstáculos. Para encerrar a programação a psicóloga palestrou ainda sobre o tema “Prazer, sou mulher”. 



Casada há 55 anos, Maria José, falou das dificuldades do dia-a-dia e de superação. 



“Eu sou casada há 55 anos, cuido do meu marido que infelizmente vive em uma cama há 6 anos. Luto e faço todas as minhas coisas, tive depressão, mas foi aqui no CRAS que melhorei e saí dessa situação. Com muito força supero os problemas todos os dias”, contou, arrancando aplausos da plateia que assistia a palestra.