Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Culminância do Projeto "400 anos de negritude" é sucesso em São Pedro da Aldeia

Por Marianne Rodrigues em 21/11/2017
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, realizou a culminância dos projetos escolares com o tema “400 anos de Negritude”, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa. A festividade contou com a presença do secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, e da subsecretária Pedagógica, Isabel Mendes, além de outros representantes da SEMED.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, realizou a culminância dos projetos escolares com o tema “400 anos de Negritude”, no Teatro Municipal Dr. Átila Costa. A festividade contou com a presença do secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, e da subsecretária Pedagógica, Isabel Mendes, além de outros representantes da SEMED. 



Quilombola do bairro Botafogo, a cantora Rapha Fellove abriu a programação cantando o hino nacional. Em seguida, o grupo de dança Angatú apresentou coreografias representando as raízes afros. A Escola de Dança Carlos Eduardo abrilhantou a culminância com apresentações de três coreografias de balé. Durante a festividade foram expostos os trabalhos das unidades escolares acerca do tema. 



De acordo com o Diretor de Políticas Públicas e Promoção da Igualdade Racial, professor Sérgio Rodrigues, o evento foi a culminância do Projeto "400 anos de Negritude" e teve como objetivo despertar nos jovens o interesse em conhecer a cultura negra do país.



A primeira apresentação escolar ficou por conta da E. M. Profª Maria da Glória Santos Motta, do bairro Praia Linda. Na voz e violão, os alunos cantaram e tocaram a canção gospel “Aos olhos do Pai”. Depois a E. Mz. Paineira, do bairro Balneário, apresentou quatro atrações para o público. A primeira apresentação foi a esquete “Valor Negro”. Em seguida, o coral da unidade escolar cantou “Sarara Criolo” com os alunos do grupo Novo Mais Educação. Os estudantes reproduziram ainda a coreografia que representou a escola nos Jogos Escolares 2017 e a apresentação “Sorriso Negro”. 



A E. M. Francisco Paes de Carvalho Filho, no bairro Boqueirão, apresentou a dança carimbó, seguida de voz e violão com a canção “Trem Bala”. Para fechar as atrações da festividade, foi realizado o desfile da beleza negra, com um aluno e uma aluna representando cada escola participante. Todos os candidatos foram campeões e receberam medalhas. 




As melhores apresentações foram premiadas. O primeiro lugar ficou com o carimbó da E. M. Francisco Paes de Carvalho Filho e a dança que representou a E. Mz. Paineira no JESPA garantiu o segundo lugar.