400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Cultura popular brasileira é destaque na Festa do Folclore de São Pedro da Aldeia

Por Raíra Morena em 17/11/2014
Imagem da Notícia: Centenas de pessoas passaram pela Praça da Matriz no Centro de São Pedro da Aldeia para participar da Festa do Folclore no último sábado (15). Promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, o evento contou com programação diversificada, celebrando a riqueza cultural das cinco regiões do Brasil e de países como a Turquia, Japão e Itália. A Praça Agenor Santos recebeu 25 tendas representativas para venda de comidas, bebidas e produtos artesanais típicos. Mais de 15 instituições sociais, entre órgãos públicos e entidades não governamentais, estiveram envolvidas na organização e decoração das barracas, apresentações culturais de dança, música popular, exposição e desfile de elementos e trajes. O Prefeito Cláudio Chumbinho, acompanhado da primeira dama e Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho, prestigiou a festividade e recebeu homenagens pelo incentivo ao resgate do evento, que há 12 anos não se realizava no município. A Secretária de Cultura, Sandra Coelho, a Sandra de Badu, também acompanhou toda a programação, ao lado de outras autoridades municipais.

             Centenas de pessoas passaram pela Praça da Matriz no Centro de São Pedro da Aldeia para participar da Festa do Folclore no último sábado (15). Promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, o evento contou com programação diversificada, celebrando a riqueza cultural das cinco regiões do Brasil e de países como a Turquia, Japão e Itália. A Praça Agenor Santos recebeu 25 tendas representativas para venda de comidas, bebidas e produtos artesanais típicos. Mais de 15 instituições sociais, entre órgãos públicos e entidades não governamentais, estiveram envolvidas na organização e decoração das barracas, apresentações culturais de dança, música popular, exposição e desfile de elementos e trajes. O Prefeito Cláudio Chumbinho, acompanhado da primeira dama e Secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ester Chumbinho, prestigiou a festividade e recebeu homenagens pelo incentivo ao resgate do evento, que há 12 anos não se realizava no município. A Secretária de Cultura, Sandra Coelho, a Sandra de Badu, também acompanhou toda a programação, ao lado de outras autoridades municipais.

            O Prefeito Cláudio Chumbinho ressaltou o resgate da tradição da Festa do Folclore, que há 12 anos não era realizada. “É uma felicidade muito grande para nós resgatar a nossa Festa do Folclore. Uma festa cultural que oferece programação para toda família, envolvendo as escolas e instituições do nosso município. É uma excelente oportunidade para conhecer de perto a riqueza cultural de São Pedro da Aldeia e de diversas partes do Brasil e de outros países, representadas nas comidas típicas, danças, músicas e apresentações", disse o Prefeito, que recebeu homenagens públicas da comissão organizadora, pelo incentivo à recuperação do evento.

            Secretária da pasta responsável pela realização da festa, Sandra Coelho, mais conhecida como Sandra de Badu, destacou o trabalho em equipe. “Gostaria de agradecer a toda minha equipe valente, que não mediu esforços para realizar essa festa maravilhosa. Um evento de cunho cultural e turístico que estamos resgatando com o apoio e incentivo do Prefeito Cláudio Chumbinho. Uma festa que agrega toda a sociedade, de crianças a idosos, moradores e turistas, que se reúnem para celebrar a riqueza e a diversidade cultural do nosso país e da nossa cidade”, destacou.  

            Para a festa, o Centro da cidade ganhou decoração especial, palco e praça de alimentação coberta. Nas barracas 25 representativas, muita gastronomia típica para todos os gostos. Desde o sushi japonês, o quibe de forno turco, passando pelo baião de dois alagoano, o peixe tucunaré do Amazonas, o feijão mineiro, a célebre tainha aldeense, até o cuscuz de milho e a tapioca, diretamente do estado do Ceará, foram alguns dos diversos pratos e quitutes servidos ao público. 

            Ornamentadas com elementos folclóricos, as tendas ofereceram ainda exposição e venda de produtos artesanais, algumas com entrega de brindes e materiais informativos sobre a cultura representada.

            No palco montado em frente à Praça da Matriz, artistas consagrados da cidade, como os cantores Adriano Marques, Manoel Panda, Jorge Luperce e banda Varandão, animaram o público com o melhor do sertanejo, samba de raiz, baião, xaxado, chorinho, marchinhas de carnaval, forró pé-de-serra, dentre outros ritmos variados. A programação também contou com desfile folclórico e apresentações de dança popular: dança do ventre, tarantela, capoeira, afroreggae, maracatu e pastoril foram algumas das representações culturais exibidas.

             Uma comissão de jurados foi formada para avaliar os aspectos culturais trabalhados na festa nos quesitos “comida típica”, “apresentação e decoração de barracas” e “dança folclórica”. Entre os profissionais responsáveis pelo julgamento estiveram docentes de Artes, Dança e História, chefes de cozinha, artistas plásticos e empresários do ramo da moda. 
             Na disputa, o troféu de primeiro lugar ficou com a tenda Amazonas, da região Norte, organizada pelo Horto Escola Artesanal de São Pedro da Aldeia. O segundo lugar ficou com a Casa de Apoio Sementes do Amanhã, representando o Estado de Alagoas, região Nordeste. A terceira colocação foi para o Núcleo de Assistência Social e Educação para a Vida Paulo de Tarso (Ned Vida), representando a Itália. 

            Voluntária na tenda campeã, a artista plástica Solange Menezes, a “Sol”, elogiou a iniciativa da Prefeitura em promover o evento. “Estou sempre expondo meus trabalhos no Horto Escola, participando dos eventos na cidade e achei muito importante essa iniciativa da Prefeitura em resgatar essa festa. É muito bom ver que o Prefeito está trazendo de volta os nossos eventos culturais de antigamente, que estavam esquecidos”, disse a amazonense moradora do bairro Fluminense há 30 anos, a mente criativa por detrás do painel animado da índia, personagem da mitologia folclórica da região Norte que foi sucesso na tenda do Amazonas. 

            Na ocasião, a artista aproveitou para presentear o Prefeito com um de seus trabalhos: um modelo artesanal de peixe piau-flamengo. “Sei que o Prefeito é um grande admirador do futebol, então resolvi trazer esse presente para ele. Como amazonense, escolhi um modelo de peixe típico do meu Estado, o flamengo, em alusão também ao time”, ressaltou.

            Historiador aldeense, Geraldo Luiz Ferreira também contribuiu com exibição de trabalhos na tenda exclusiva do município de São Pedro da Aldeia, organizada pela Secretaria de Cultura. ”Agradeço à Sandra e a toda equipe pela determinação, garra e entusiasmo para que esse evento tradicional e importante no calendário turístico de São Pedro da Aldeia pudesse novamente estar sendo realizado. É um presente da Prefeitura em benefício do povo aldeense e de todos os turistas que nos procuram”, destacou em seu discurso público de agradecimento.

            O evento contou ainda com banheiros químicos, além do apoio da Guarda Municipal, da equipe de resgate, fiscais de Urbanismo e plantão de UTI Móvel. Prestigiando a festa estiveram os secretários de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Pública e Esporte, Edmilson Bittencourt; do Ambiente, Lagoa, Pesca e Serviços Públicos, Adriana Saad; Saúde, Isaura Oliveira; Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu; Planejamento e Gestão Estratégica, Paulo César de Souza, os subsecretários de Educação, Urbanismo e Desenvolvimento Econômico, Edlúcia Marques, Lis Valladares e Gilson Brandão, o vereador Adalberto Amaral, os coordenadores municiais de eventos, Luiz Carlos Cruz e Esporte, Pablo Rodrigues, dentre outros gestores municipais e membros da sociedade civil organizada. 

            Entre as instituições sociais participantes estiveram as secretarias de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Assistência Social e Direitos Humanos e Turismo Cultura, Esporte e Lazer, os Centros de Referência da Assistência Social, Associações de Artesãos, Rotary Club e escolas da rede pública e privada.