400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Definidos os campeões das categorias feminino, sub15 e sub17 do 33º Fest Verão

Por Gabrielly Costa em 30/04/2016
Imagem da Notícia: A noite de sexta-feira (29), penúltima noite de jogos do 33º Fest Verão de São Pedro da Aldeia, foi de decisão, adrenalina e muita garra dos finalistas. Nem mesmo o tempo frio desanimou os torcedores que compareceram à arena montada na Praia do Centro para acompanhar as partidas finais das categorias sub15, sub17 e feminino. Pelo sub15, o Projeto David garantiu o título com a vitória por 6 a 5 em cima do Vila Naval. No sub17, o troféu de primeiro lugar foi para o Folhinhas, que venceu o Baleense também por 6 a 5. No feminino, a equipe do Só Show garantiu o título ao empatar em 5 a 5 com o Geração Favela, campeãs de 2015. O prefeito Cláudio Chumbinho, o secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico e Esportes, Edmilson Bittencourt, e o vereador Franklin da Escolinha participaram das premiações.

A noite de sexta-feira (29), penúltima noite de jogos do 33º Fest Verão de São Pedro da Aldeia, foi de decisão, adrenalina e muita garra dos finalistas. Nem mesmo o tempo frio desanimou os torcedores que compareceram à arena montada na Praia do Centro para acompanhar as partidas finais das categorias sub15, sub17 e feminino. Pelo sub15, o Projeto David garantiu o título com a vitória por 6 a 5 em cima do Vila Naval. No sub17, o troféu de primeiro lugar foi para o Folhinhas, que venceu o Baleense também por 6 a 5. No feminino, a equipe do Só Show garantiu o título ao empatar em 5 a 5 com o Geração Favela, campeãs de 2015. O prefeito Cláudio Chumbinho, o secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico e Esportes, Edmilson Bittencourt, e o vereador Franklin da Escolinha participaram das premiações.



“Estamos chegando ao fim de mais uma edição do Fest Verão de São Pedro da Aldeia. Reunimos jogadores de alto nível todos os anos, mas também oferecemos a oportunidade dos jogadores da cidade mostrarem seus talentos e abrilhantarem ainda mais a competição. Fico muito feliz e orgulhoso com o sucesso do campeonato, que é considerado um dos maiores e melhores eventos esportivos do interior do Estado. Continuaremos investindo na prática esportiva e incentivando os jovens no esporte, longe de caminhos errados”, declarou o prefeito Cláudio Chumbinho.



Projeto David e Vila Naval protagonizaram uma grande disputa na primeira partida da noite. Com muita garra e força de vontade de seus jovens, as duas equipes chegaram ao período decisivo empatados em 3 a 3, com destaque para o pênalti a favor do Projeto David, convertido por Lucas Silva, e o gol no ângulo do camisa 06 do Vila Naval, Cayque Ramos. No terceiro tempo, o Projeto David abriu uma vantagem de três gols com Pedro de Paula e João Pedro (2). O Vila Naval conseguiu aproximar novamente o placar com Rogger Martins e João Vitor, mas o último apito do árbitro garantiu o título de campeão do sub15 para o Projeto David, que venceu por 6 a 5.



Marcaram pelo Projeto David Lucas Silva, Pedro Lucas, João Pedro (3) e Pedro de Paula. Para o Vila Naval, João Vitor (3), Cayque Ramos e Rogger Martins. Na premiação individual da categoria sub15, o goleiro do Projeto David, Rodrigo Cabral, levou o troféu de defesa menos vazada, com apenas 12 gols sofridos, e o atleta Gabriel Ventura, do Colégio Silva Serpa, levou a artilharia com 11 gols marcados. A premiação foi marcada pelo sorteio de uma bicicleta entre campeões.



Pelo sub17, a equipe do Folhinhas abriu o placar com Guilherme “Orelha” Fonseca após uma falha na defesa do Baleense. O gol de empate veio logo em seguida com Lucas Cunha marcando para o time da Baleia. O segundo período foi marcado pela virada do Baleense, que deixou o placar em 4 a 3 com gols de Jefferson “Negueba” Silva, Iury Romano e Caio Passos. Matheus Carvalho e Orelha diminuíram para o Folhinhas. No terceiro período, o Folhinhas vira o jogo com mais três gols de Matheus Carvalho. Douglas Santos encostou o Baleense no placar numa cobrança de pênalti. Apesar da reação, a medalha de ouro foi para o Folhinhas pela vitória por 6 a 5.



Na premiação individual, o título de artilheiro da categoria sub17 foi para Matheus Carvalho, do Folhinhas, com 9 gols. A defesa menos vazada também foi para a equipe campeã, com o goleiro Matheus de Macedo tomando 21 gols na competição. Os campeões também participaram do sorteio de uma bicicleta.



O terceiro título da noite foi para a Associação Esportiva Só Show, que garantiu o empate em 5 a 5 contra a equipe do Geração Favela, campeã da categoria feminino em 2015. Contando com a vantagem do empate, o Só Show abriu o placar com dois gols de Evellen Gomes. Suzanne Rangel diminuiu para o Geração Favela, mas a camisa 11 Evellen, que estava em uma noite inspirada, ampliou a vantagem do adversário. O Geração encostou mais uma vez no placar com Mariana Azevedo. Ainda no primeiro período, após falha da defesa, a camisa 08 Suzanne iguala o placar em 3 a 3.



No segundo período de partida, o Geração Favela conseguiu virar o placar com mais dois gols de Suzanne Rangel. A goleira Thayná Figueiredo, que havia se machucado aos 11’00’’ do primeiro tempo numa disputa de bola com o adversário e optou por continuar jogando, marcou o quarto gol do Só Show após cobrança de falta. Embalada pela torcida, Evellen marcou mais uma vez para o Só Show e garantiu o troféu de primeiro lugar para a equipe. Os minutos finais da disputa foram eletrizantes com as jogadas ofensivas do Geração Favela em busca de mais um gol para alterar o resultado. Quando o período decisivo terminou em 5 a 5, a equipe do Só Show se consagrou a grande campeã da categoria feminino no 33º Fest Verão.



A jogadora Suzanne Rangel, do Geração Favela, levou a artilharia do campeonato com 11 gols e Thayná Figueiredo garantiu a defesa menos vazada para o Só Show, com apenas 14 sofridos. A goleira campeã destacou a importância do trabalho em equipe. “Conseguimos superar nossas dificuldades dentro de campo e garantimos essa vitória, que é muito especial para mim devido ao apoio da torcida. Participei do Fest Verão ano passado, mas nossa equipe ficou em terceiro lugar. Estou muito feliz de ter participado novamente desse campeonato. Nós sabemos dos desafios do futebol feminino no país inteiro e, graças a Deus, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia tem honrado esse compromisso com as jogadoras do feminino na Região dos Lagos”, afirmou Thayná, atleta de Cabo Frio.



Emocionado, o treinador do Só Show, Ronan Souza, falou sobre a vitória. “Sou nascido e criado em São Pedro da Aldeia, é um sonho participar do Fest Verão e ser campeão da primeira divisão. Sempre participo na segunda divisão e Deus me deu a oportunidade de viver esse momento tão esperado com as belas meninas do Só Show. O que desejamos agora é cada vez mais oportunidades para as meninas e outros times femininos na modalidade”, disse.



A grande e esperada final da 33ª edição do Fest Verão acontece neste sábado (30), entre Guerreiro e Bandeirantes pela categoria adulto, às 22h. Antes, Folhinhas e Projeto David se enfrentam às 19h30 pelo título do sub11. Mossoró e Rodoviário disputam o troféu de primeiro lugar da categoria veterano a partir de 20h45.