400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Dia D de vacinação contra a gripe movimenta Unidades de Saúde em São Pedro da Aldeia

Por Renato Silveira em 15/05/2017
Imagem da Notícia: O Dia D nacional de vacinação contra a gripe movimentou as Unidades de Saúde e a sala de vacinação no Centro, neste sábado (13) dedicado à imunização para o público alvo. As equipes de plantão tiveram bastante trabalho em todas as Unidades, exceto São João II e Porto da Aldeia, cujos usuários foram remanejados respectivamente para a São João II, Poço Fundo e Mossoró.

O Dia D nacional de vacinação contra a gripe movimentou as Unidades de Saúde e a sala de vacinação no Centro, neste sábado (13) dedicado à imunização para o público alvo. As equipes de plantão tiveram bastante trabalho em todas as Unidades, exceto São João II e Porto da Aldeia, cujos usuários foram remanejados respectivamente para a São João II, Poço Fundo e Mossoró.


 

Na sala de vacinação no Centro, ao lado do Hospital da Missão, destaque para os mascotes das comemorações dos 400 anos do município, que aproveitaram o momento para divulgar a importância da vacinação e as comemorações da data, cujo ápice acontecem neste 16 de maio.

 

 

Após a realização do Dia D, a vacinação segue para o público alvo a partir de quarta-feira (17) em todas as Unidades de Saúde, inclusive as duas que ficaram de fora do Dia D e na Sala de Vacinas.

 

 O público-alvo da campanha é formado por pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional. Portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar.



A vacinação dos grupos com comorbidades (duplo diagnóstico de patologias, como por exemplo, hipertensão e diabetes) será realizada em todos os postos de vacinação. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da imunização.