400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

EJA de escola aldeense realiza projeto com literatura de cordel

Por Viviane Teixeira em 01/10/2015
Imagem da Notícia: A cultura nordestina e a literatura de Cordel invadiram a Escola Municipal Luiza Terra de Andrade, localizada no bairro Campo Redondo, em São Pedro da Aldeia, no dia 29 de outubro. Com o objetivo de promover o aprendizado de temas como política, sociedade, mitos e lendas, denúncia social, humor, entre outros, para as turmas da Educação de Jovens e Adultos – EJA, o projeto faz parte do planejamento da Assessoria Técnica-Pedagógica e Coordenação da EJA da Secretaria Municipal de Educação – SEMED para este bimestre letivo.


 

A cultura nordestina e a literatura de Cordel invadiram a Escola Municipal Luiza Terra de Andrade, localizada no bairro Campo Redondo, em São Pedro da Aldeia, no dia 29 de outubro. Com o objetivo de promover o aprendizado de temas como política, sociedade, mitos e lendas, denúncia social, humor, entre outros, para as turmas da Educação de Jovens e Adultos – EJA, o projeto faz parte do planejamento da Assessoria Técnica-Pedagógica e Coordenação da EJA da Secretaria Municipal de Educação – SEMED para este bimestre letivo.




Durante a noite de culminância do projeto, foi apresentado um vídeo de todo trabalho desenvolvido nas salas de aula com alunos e professores, e toda a escola recebeu decoração característica do Nordeste do Brasil. Diversos exemplares de Cordel foram expostos e ainda houve apresentação musical e uma palestra com o cordelista Manuel de Santa Maria, da Academia Brasileira de Cordel do Rio de Janeiro. Além disso, foi servido ao final do evento um prato típico da região. O projeto contou com o incentivo da professora Viviany Freitas.



Para a coordenadora da EJA da SEMED, Adriana Campos, o projeto acrescentou muito ao aprendizado dos alunos:


“Foi uma escolha bem acertada, pois vimos, neste tipo de literatura, um meio para conduzir a outros desmembramentos pedagógicos e interdisciplinares, visto que o Cordel é uma forma de literatura muito imagética e musical. Enfim, este projeto foi uma forma de levar os alunos da EJA a trabalharem melhor a questão da leitura, da escrita e desenvolverem a sensibilidade estética a partir dessa manifestação artística e cultural”, disse.


PSE na EJA – Será realizada nesta quinta-feira, dia primeiro de outubro, às 19h na Escola Municipalizada Paineira, uma edição especial do projeto “Eu digo sim à vida, e você?”, promovido pelo Programa Saúde na Escola (PSE). Na ocasião, a Comunidade Sinos, associação não governamental, apresentará um esquete que tratará da valorização da vida e da prevenção às drogas.