400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Emoção e beleza marcam aula inaugural da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia

Por Mônica Marins em 07/06/2013
Imagem da Notícia: Não poderia ser diferente, a aula inaugural da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia reuniu alunos, professores, pais de alunos e autoridades do município para uma mostra cultural. Os professores de todas as disciplinas presentearam a plateia com execuções de música ao piano, no trompete, apresentação de ballet clássico, street dance, dança de salão, pintura e teatro. Quem foi ao Teatro Municipal Dr. Átila Costa, nessa quinta-feira (06), além de assistir a vários shows pode conhecer um pouco da Escola de Artes do Município, cujas aulas terão início no próximo dia 10.


 Não poderia ser diferente, a aula inaugural da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia reuniu alunos, professores, pais de alunos e autoridades do município para uma mostra cultural. Os professores de todas as disciplinas presentearam a plateia com execuções de música ao piano, no trompete, apresentação de ballet clássico, street dance, dança de salão, pintura e teatro. Quem foi ao Teatro Municipal Dr. Átila Costa, nessa quinta-feira (06), além de assistir a vários shows pode conhecer um pouco da Escola de Artes do Município, cujas aulas terão início no próximo dia 10. 



O prefeito Cláudio Chumbinho e a primeira dama do município, Ester Marques Chumbinho acompanharam todo o show na primeira fileira de cadeiras. O secretário de Governo Edmilson Bittecourt disse que a Escola de Artes é a demonstração prática do compromisso que o governo Cláudio Chumbinho tem com a cultura: “A Escola de Artes além de revelar talentos e futuros profissionais, tem também um papel social. Muitos jovens e adolescentes terão o tempo ocioso preenchido, aqui eles aprenderão coisas boas e desta forma ficarão mais longe da violência das ruas”, disse Edmilson.

 


O secretário lembrou também que a Escola de Artes, nesta primeira temporada, abriu 860 vagas para os cursos, quem não pode ser atendido terá oportunidade nas próximas temporadas.

O momento das apresentações dos professores da Escola de Artes surpreendeu a plateia que lotou o Teatro Municipal. A professora de piano, Graça Khede abriu os espetáculos com uma execução ao piano. O instrutor de música, maestro Isaías Costa deu um show de trompete com vara. Ele emocionou ao relembrar Tim Maia com a música “As quatro estações”.  


As apresentações de dança contagiaram o público, o instrutor Jó Fonseca bailou pelo palco acompanhado de sua parceira de dança ao som de um pagode. A professora de ballet Mônica Monteath encantou com a leveza dos passos da dança clássica. A instrutora de Artes Cênicas, Beatriz Araújo, fez uma apresentação teatral. A atriz atraiu a atenção das pessoas através das expressões faciais, corporais e vocais. 



Luan Canellas, instrutor de Ballet Contemporâneo, Clássico e Jazz deu show de dança e de atuação no palco. A apresentação levou o público a se manifestar diversas vezes. Victor Barros, instrutor de Hip Hop e Street Dance fez o povo interagir quando fez a demonstração de seu desempenho de dança.


Durante todo o evento, enquanto os professores artistas se apresentavam a professora de pintura Juliana Rocha pintou um quadro no palco. O quadro foi presenteado ao prefeito Claudio Chumbinho no final do evento. 



A diretora da Escola de Artes, Ludmila Travassos, chamou todos os funcionários da escola e os representantes da secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, além do prefeito e da primeira dama e promoveu um abraço coletivo. Segundo ela o ato simbolizava a acolhida do governo municipal à Escola de Artes.