Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Erradicação do trabalho infantil é tema de encontro no CRAS Porto da Aldeia

Por Gabrielly Costa em 27/06/2016
Imagem da Notícia: Foi realizada nesta segunda-feira (27) mais uma roda de conversa sobre o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Promovida pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a reunião aconteceu no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Palmiro Gomes, no bairro Porto da Aldeia. O encontro contou com a presença de participantes da Oficina de Capoeira da unidade, da coordenadora da Proteção Básica, Wânia Arruda, e da conselheira tutelar Adriana Evangelista.

Foi realizada nesta segunda-feira (27) mais uma roda de conversa sobre o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Promovida pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a reunião aconteceu no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Palmiro Gomes, no bairro Porto da Aldeia. O encontro contou com a presença de participantes da Oficina de Capoeira da unidade, da coordenadora da Proteção Básica, Wânia Arruda, e da conselheira tutelar Adriana Evangelista.


Para a coordenadora da unidade, Valéria Cardin, o mais importante é conscientizar os usuários sobre o tema. “Tivemos uma roda de conversa com os jovens que participam da nossa oficina de capoeira, conselheira tutelar, além da psicóloga e assistente social do CRAS. Nós buscamos a conscientização, explicar o porquê eles não podem trabalhar nesse momento e mostrar que agora é a hora de estudar e brincar. Em breve, também teremos um encontro com as famílias usuárias para tratarmos do mesmo assunto”, declarou.



O PETI é um conjunto de ações que têm como objetivo retirar crianças e adolescentes menores de 16 anos do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos. O Programa, além de assegurar transferência direta de renda às famílias, oferece a inclusão de crianças e jovens em serviços de orientação e acompanhamento. A frequência à escola também é exigida.


A iniciativa chega aos CRAS dos bairros Morro do Milagre e Rua do Fogo nesta terça-feira (28), às 9h e 14h respectivamente. As atividades acerca do assunto se encerram na quinta-feira (30), às 9h, no CRAS do bairro São João. Vale ressaltar que a família pode procurar espontaneamente a gestão municipal do Cadastro Único para pedir sua inclusão no PETI.