400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Escola Municipal Quilombola participa da Festa da Farinha em Botafogo

Por Mônica Marins em 27/09/2013
Imagem da Notícia: A festa acontece a partir desta sexta-feira (27) e segue até domingo (29). O evento que já é tradicional naquela localidade, contará com shows musicais, exposição de artesanato e grande variedade de pratos típicos à base de farinha e mandioca. A Escola Municipal Quilombola Dona Rosa Geralda da Silveira, de São Pedro da Aldeia, participará do evento com uma barraca de doces e salgados de aipim. A diretora da escola, Claudia Osvaldina, disse que participar da festa é muito

 

 

 

A Escola Municipal Quilombola Dona Rosa Geralda da Silveira está participando da festa da farinha. O evento acontece a partir desta sexta-feira (27) e segue até domingo (29). O evento que já é tradicional naquela localidade, contará com shows musicais, exposição de artesanato e grande variedade de pratos típicos à base de farinha e mandioca. A Escola participará do evento com uma barraca de doces e salgados de aipim.

A diretora da escola, Claudia Osvaldina, disse que participar da festa é muito importante para a divulgação da cultura Quilombola e da cultura local, através da culinária. Segundo ela, a plantação do aipim continua sendo um meio de sobrevivência dos descendentes dos quilombos em Botafogo.

Este ano, a novidade é que o evento será realizado em uma propriedade rural, com área de 60 mil m², onde existe uma plantação de mandioca e uma casa de farinha do século passado, funcionando a todo vapor, para que os visitantes possam conhecer de perto a técnica de fabricação da farinha de mandioca.

O local, denominado “Rodoviária de Botafogo”, está localizado no centro do bairro, onde estão concentrados os quilombolas que deram origem à fabricação da farinha de mandioca e seus derivados. O acesso é feito pela Rodovia Amaral Peixoto.
Durante o evento, 20 barracas estarão oferecendo pratos derivados da farinha e da mandioca, além de doces fabricados com estes alimentos e que são desconhecidos por muitas pessoas. O público estimado é de oito mil pessoas por dia.

http://webservice.npibrasil.com.br/wportal/imagem.aspx?ent=dn&id=1720796f-22cd-451b-b90d-7f36d0a33576&w=300&h=225