Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Exposição coletiva “A cor e seus coloristas” reúne convidados em São Pedro da Aldeia

Por Gabrielly Costa em 04/04/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, abriu oficialmente a exposição “A cor e seus coloristas” na Casa de Cultura Gabriel Joaquim dos Santos. Cerca de 150 pessoas prestigiaram a abertura, entre elas a Secretária da Pasta, Sandra Coelho, o Diretor de Cultura, Flavio Rangel, e os artistas expositores. A exposição é idealizada por Carlos Di Angelo Oliveira, que expõe seu talento ao lado de 34 alunos de seu atelier. A mostra de arte segue até o dia 03 de maio e fica aberta para visitação gratuita de segunda a sexta, das 10h às 17h, e sábados e domingos, das 18h às 22h.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, abriu oficialmente a exposição “A cor e seus coloristas” na Casa de Cultura Gabriel Joaquim dos Santos. Cerca de 150 pessoas prestigiaram a abertura, entre elas a Secretária da Pasta, Sandra Coelho, o Diretor de Cultura, Flávio Rangel, e os artistas expositores. A exposição é idealizada por Carlos Di Angelo Oliveira, que expõe seu talento ao lado de 34 alunos de seu atelier. A mostra de arte segue até o dia 03 de maio e fica aberta para visitação gratuita de segunda a sexta, das 10h às 17h, e sábados e domingos, das 18h às 22h.



Secretária da pasta, Sandra Coelho destacou a alegria de ver a casa lotada. “Nós trouxemos os aldeenses de volta para a Casa. Ver a Casa de Cultura sendo prestigiada por tantas pessoas é uma felicidade enorme para todos nós, para mim e principalmente para o Prefeito Cláudio Chumbinho. Convido a todos que nos visitem nesse período de exposição. Essa casa é do artista.”, disse.



O cantor Jorge Luperce deu início à abertura da exposição com a sua interpretação da música “Brasileirinho”. Essa é a segunda exibição coletiva de Carlos Di Angelo com seus alunos na Casa de Cultura. Na opinião do artista, é imprescindível ter um Poder Público que invista nesse tipo de evento. 



“Eu já desejava iniciar um processo de exposição com meus alunos e, após trabalharmos juntos por uma temporada, a vontade de mostrar nossas habilidades era grande. A Secretária Sandra e o Prefeito Cláudio Chumbinho nos deu essa oportunidade de divulgar nosso trabalho. O investimento na cultura é um investimento no conhecimento, no pensamento. Nada melhor do que termos pessoas competentes no município e que realizam esse rodízio com os grandes artistas que temos na região.”, declarou.



Artista plástico há 15 anos, Carlos Di Angelo viu seu filho, J.P. Silva, de 9 anos, se destacar como o artista mais jovem da mostra.  “É uma dádiva que você recebe, saber que seu filho bebe um pouco da sua fonte, pela sua influência. Saber que ele está trilhando um pouco do seu caminho é muito bacana.”, falou. 



Vivenciando a mesma emoção estavam Shirley e Jaíro, pais de Ítalo Pignati, de 11 anos. “Ficamos super feliz por um garoto com essa idade ter uma responsabilidade e um compromisso desses, é maravilho. Nosso filho pinta há dois anos, mas sempre teve muita facilidade para desenhar.”, falaram. 



Dona Elisete de Carvalho, de 72 anos, se inspirou na sua fé para criar a obra ‘A Ceia do Senhor’, exposta na Casa de Cultura. Apaixonada pela pintura, Ervalho, nome que assina suas obras, pinta desde a década de 70. 



“Sempre fui autodidata, mas em 2008 participei de uma oficina promovida pela Prefeitura na Casa dos Azulejos. Depois da minha família, o que mais me encanta na vida é a arte. É tudo de bom ter um governo que incentiva os artistas locais. Registramos em nossas obras sentimentos que transcendem a vida.”, disse.



A exposição promove ainda a venda das obras de arte com preços que variam entre R$160 e R$1.500.