400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Familiares de alunos da E. Mz. Paineira recebem orientações sobre prevenção às drogas

Por Marianne Rodrigues em 11/07/2017
Imagem da Notícia: A Escola Municipalizada Paineira, localizada no bairro Balneário, está realizando um trabalho com a Casa de Apoio Resgate Radical, na Praia Linda, sobre dependência química. Na manhã desta terça-feira (11), pais e responsáveis dos alunos envolvidos no projeto participaram de palestras sobre o assunto e ouviram depoimentos dos assistidos da Casa de Apoio. Cerca de 20 pessoas participaram da ação, promovida pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia.

A Escola Municipalizada Paineira, localizada no bairro Balneário, está realizando um trabalho com a Casa de Apoio Resgate Radical, na Praia Linda, sobre dependência química. Na manhã desta terça-feira (11), pais e responsáveis dos alunos envolvidos no projeto participaram de palestras sobre o assunto e ouviram depoimentos dos assistidos da Casa de Apoio. Cerca de 20 pessoas participaram da ação, promovida pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia.


 

Os participantes do evento receberam orientações da advogada Karina Maia, voluntária da Casa de Apoio, que abordou o tema em sua palestra. Na ocasião, os pais e responsáveis puderam trocar experiências.


Diretora geral da Escola Municipalizada Paineira, Cristiane dos Santos falou sobre a iniciativa desenvolvida pela unidade escolar.  “O projeto de combate à dependência química surgiu a partir do pedido de uma aluna da EJA, que gostaria de conhecer a Casa de Apoio. Visitando a Casa, aprendemos a identificar, por meio das palestras ministradas pela responsável do local, aqueles alunos que precisam de ajuda, e pensamos em fazer o mesmo com os pais e responsáveis deles. Os pais que estão aqui são multiplicadores do conhecimento adquirido. Não adianta trabalhar apenas o aluno e sim todo o âmbito familiar, então a escola está sempre de mãos dadas com os pais, trabalhando a família e o aluno ao mesmo tempo para, assim, tentar ajudar enquanto sociedade”, afirmou.



Durante todo mês de junho, os estudantes do 8°, 9° ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) diurno visitaram a Casa de Apoio e ouviram depoimentos dos assistidos sobre as experiências vivenciadas por eles. Os assistidos também visitaram a escola e foram recebidos com diversas atividades feitas pelos estudantes.