400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Feira Municipal da Agricultura Familiar reúne escolas em São Pedro da Aldeia

Por Mônica Marins em 02/09/2013
Imagem da Notícia: O evento foi realizado na última sexta-feira (30) e reuniu alunos das Redes Municipal, Estadual e Particular de Ensino, na Praça da Matriz, no Centro da cidade. Além das barracas com informações sobre alimentação saudável, as esquetes e apresentações musicais preparadas pelas unidades escolares deram um clima de festa à Feira. De acordo com o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SECEL) professor Evaldo Bittencourt, a escolha da Praça principal da cidade para a realização da Feira não poderia ser melhor: “Essa energia positiva que agente sente aqui, no coração da cidade, com as pessoas da nossa terra é contagiante. Adoro estar no meio de criança e professor. Quero agradecer a todos os parceiros que nos ajudaram a fazer este evento tão importante, porque ninguém é feliz sozinho”. O secretário informou que estão sendo desenvolvidas hortas nas escolas e também no Horto Escola Artesanal para que os alunos da Rede Municipal de Ensino, e também os pais, possam vivenciar na prática a alimentação saudável.

A Feira Municipal da Agricultura Familiar reuniu alunos das Redes Municipal, Estadual e Particular de Ensino, na Praça da Matriz, no Centro da cidade, na última sexta-feira (30). Além das barracas com informações sobre alimentação saudável, as esquetes e apresentações musicais preparadas pelas unidades escolares deram um clima de festa à Feira. De acordo com o secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SECEL) professor Evaldo Bittencourt, a escolha da Praça principal da cidade para a realização da Feira não poderia ser melhor. “Essa energia positiva que agente sente aqui, no coração da cidade, com as pessoas da nossa terra é contagiante. Adoro estar no meio de criança e professor. Quero agradecer a todos os parceiros que nos ajudaram a fazer este evento tão importante, porque ninguém é feliz sozinho”. O secretário informou que estão sendo desenvolvidas hortas nas escolas e também no Horto Escola Artesanal para que os alunos da Rede Municipal de Ensino, e também os pais, possam vivenciar na prática a alimentação saudável.

 

 

 

A diretora de Nutrição da SECEL, Noêmia Amorim disse que a Feira foi a culminância de um trabalho feito nas escolas durante um me, s sobre alimentação saudável. Ela falou que o objetivo do evento é  democratizar o conhecimento sobre os benefícios do consumo de alimentos naturais.

 

O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu disse que o dia estava sendo muito importante para a valorização da agricultura familiar. Ele informou que parte da merenda escolar é fornecida pelos produtores familiares da cidade, com alimento de qualidade, livre de agroquímica. Dimas finalizou: “Este é um momento único para São Pedro da Aldeia”.

 

O secretário de Governo, Edmilson Bittencourt, representou o prefeito Claudio Chumbinho no evento e falou da importância da Feira no intuito de dar um cardápio adequado aos estudantes. O vice-prefeito Iédio Rosa visitou as tendas durante o evento.

 

 

 

Além das Secretarias de Educação e de Agricultura, participaram do evento também a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação, com material educativo sobre a importância do aleitamento materno, saúde bucal e direito à alimentação humana. A Emater, a Escola Agrícola Nilo Batista (Cabo Frio) e o Empório da Produção Agrícola Familiar de São Pedro da Aldeia também expuseram frutas, legumes, verduras, e animais como coelhos, frangos e pintinhos, o que atraiu a atenção da criançada.



O Horto Escola Artesanal fez uma exposição de alimentos alternativos como bolo de abóbora com casca, doce de maracujá com casca e torta de talos de couve. A degustação de sucos naturais de diversos sabores, o aproveitamento total do aipim e a distribuição de mudas de árvores frutíferas, apresentados pela secretaria de Agricultura deu um sabor especial ao evento.


 

Projeto Viajando na Leitura teve lançamento oficial


Durante a Feira da Alimentação foi feito o lançamento oficial do “Ônibus da Leitura”, que circulará pelas escolas levando cultura e despertando o prazer pela leitura. Um ônibus foi totalmente adaptado para uma biblioteca itinerante com estantes de livros, fantoches, coxia para as contações de história e puffs, para que o aluno possa se sentar confortavelmente enquanto lê. 

Além da visitação dos alunos, a equipe do ônibus apresentou a esquete "As heroínas do saber", que abordou de forma divertida a importância da leitura. A esquete foi escrita por Joelma Campos, com a direção do animador cultural Lívio CCampos, apoio de Beatriz Araújo e elenco composto pelas alunas do Curso Normal do Colégio estadual Dr. Feliciano Sodré.

O projeto é coordenado pela professora Joelma Campos, com a participação dos dinamizadores Beatriz Araújo e Diego Vivas. 

A equipe do projeto contou com a colaboração da Coordenação de Creche e Educação Infantil, Rosângela Guimarães e Ivonete de Sá, artistas do Horto Escola Artesanal  e normalistas do Colégio Dr. Feliciano Sodré: Katarina Rodrigues, Isabelle Vilaça, Nadir Oliveira, Cristal Costa, Juliane Silveira, Dayana Arouche, Mariany Vieira, Esther Rodrigues. As artistas integram o grupo teatral Cia. da Leitura.