400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Feriadão de Carnaval encerra sem óbitos em São Pedro da Aldeia

Por Luana Macêdo em 10/03/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da secretaria de saúde, fechou o balanço da folia no município aldeense. Entre os atendimentos realizados no Pronto Socorro Municipal, no Morro dos Milagres e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Balneário, não houve óbito por traumas.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da secretaria de saúde, fechou o balanço da folia no município aldeense. Entre os atendimentos realizados no Pronto Socorro Municipal, no Morro dos Milagres e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), no Balneário, não houve óbito por traumas.



Durante os dias de festa, a saúde esteve a disposição em uma tenda na Praça Agenor Santos, a Praça da Matriz. Foram realizados mais de 200 atendimentos nos cinco dias de folia, no Pronto Socorro o número ultrapassou 1000.


De acordo com a secretária de saúde, Vanessa Vidal, os atendimentos prestados no carnaval foram realizados com muita dedicação e engajamento.



“Passamos todo o carnaval sem óbitos por traumas, como acidentes, atropelamentos e quedas. Tanto no Pronto Socorro como na Unidade de Pronto Atendimento fechamos com essa estatística zerada. Tivemos uma equipe engajada, com dedicação e comprometimento em prol de conseguir esse êxito. A nossa equipe municipal de resgate, que iniciou o trabalho no sábado de carnaval,  também foi de suma importância, pois trouxe todos os pacientes vivos, com o suporte hospitalar”, afirmou Vanessa.


Entre os serviços oferecidos pela saúde, São Pedro da Aldeia passou a contar com a primeira equipe municipal de resgate. A mesma atende urgências, seja auxiliando a equipe do Corpo de Bombeiros ou em pequenos acidentes domésticos. As ambulâncias  utilizadas pela equipe são da cor verde, inspiradas pelo modelo de resgate da Alemanha. Os veículos são equipados com sirene eletrônica, maca retrátil construída em alumínio com colchonete estofado, banco baú para acompanhantes, armário, suporte para cilindro de oxigênio fixo na maca, oxigenação composto de régua tripla, mangueira de oxigenação, fluxômetro, umidificador, aspirador tipo Venturi, suporte de soro e sangue, ar condicionado nos dois compartimentos e demais itens de segurança exigidos pelo Código Nacional de Trânsito Brasileiro. As ambulâncias são adaptáveis e tem capacidade para serem equipadas como unidade móvel de terapia intensiva (UTI).


Até a instalação da linha 192, que ocorrerá em breve, o contato com a equipe de resgate deverá ser feito pelos telefones do Pronto Socorro Municipal que são (22) 2621-8455 e (22) 2627-2623.