400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Governo aldeense resgata 2 milhões em convênios federais para investir em obras e turismo

Por Luana Macêdo em 05/08/2013
Imagem da Notícia: Por meio da Secretaria Especial de Projetos, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, resgatou para investimentos no turismo aldeense quase R$ 2 milhões em convênios celebrados com o Governo Federal. O resgate das verbas, junto ao Ministério do Turismo, foi uma solicitação do Prefeito Cláudio Chumbinho. A quantia, que foi celebrada em 2011, está sendo destinada para projetos de sinalização turística em toda a cidade, drenagem e pavimentação da Rua Copacabana, na Orla da Praia Linda, reforma e estruturação da Praça Hermógenes Freire da Costa e construção do Centro de eventos, na mesma praça. A previsão é de que todas essas obras sejam entregues à população em setembro e que o município esteja totalmente sinalizado turisticamente em até quatro meses.


Por meio da Secretaria Especial de Projetos, a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, resgatou para investimentos no turismo aldeense quase R$ 2 milhões em convênios celebrados com o Governo Federal. O resgate das verbas, junto ao Ministério do Turismo, foi uma solicitação do Prefeito Cláudio Chumbinho. A quantia, que foi celebrada em 2011, está sendo destinada para projetos de sinalização turística em toda a cidade, drenagem e pavimentação da Rua Copacabana, na Orla da Praia Linda, reforma e estruturação da Praça Hermógenes Freire da Costa e construção do Centro de eventos, na mesma praça. 



 De acordo com  a Secretária de Projetos, Cláudia Magalhães, os convênios já celebrados e não recebidos pelo município, foram acertados pelo atual governo, assim, São Pedro da Aldeia está apto para receber os valores.


   “O resgate dos convênios celebrados junto ao Governo Federal foi feito pelo governo Cláudio Chumbinho. Fizemos termos aditivos e projetos para cada contrato que havia sido celebrado em anos anteriores e enviamos para a Caixa Econômica Federal. Os convênios foram aprovados e conseguimos recuperar as verbas para o investimento. Com isso, o município ficou apto a receber as quantias que estavam praticamente perdidas”, afirmou a Secretária, que ainda justificou o atraso no início das obras. “As empresas que venceram as licitações são de fora da cidade. A Prefeitura fechou as licitações para que as obras começassem logo em seguida, vamos notificar as empresas e se não houver andamento as licitações serão canceladas e outras serão realizadas”, disse.


          


  O projeto de sinalização está identificando as áreas turísticas do município com 63 placas indicativas. Os locais que já estão recebendo as placas são o Centro de Informações Turísticas, as Praças Hermógenes Freire da Costa, Dr. Plínio de Assis Tavares e Agenor Santos, Praia da Pitória, Praia Linda, Praia do Sudoeste, Casa da Flor, Mercado de Peixe, IPHAN, Igreja dos Jesuítas e Igreja da Matriz.


 Além das obras licitadas e já em andamento através das verbas resgatadas, a Secretaria Especial de Projetos continua articulando melhorias para o município. Esse ano foi enviado ao governo federal, pelo Sistema de Convênios (SICONV), propostas de verbas a serem aplicadas no Museu do Sal, Museu da Pesca, Ampliação da Praça do Canhão e Implantação do Poção da História. Todas essas obras estão em processo de finalização de projetos.