Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Guardas Municipal e Ambiental participam de workshop sobre uso de drones e acesso ao espaço aéreo

Por Raíra Morena em 24/05/2018
Imagem da Notícia: Na quarta-feira (23), agentes das guardas Municipal e Ambiental de São Pedro da Aldeia participaram de um workshop sobre aeronaves não tripuladas, também conhecidas como drones, e acesso seguro ao espaço aéreo brasileiro. O evento aconteceu no auditório da Base Aérea Naval e contou com a participação do comandante da Base, o Capitão de Mar e Guerra Vinícius Azevedo Lima; da secretária municipal de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves; do subsecretário da pasta, Jorge Ribeiro; militares do efetivo da Marinha do Brasil; Polícia Militar; dentre outros integrantes de órgãos de segurança e sociedade civil.

Na quarta-feira (23), agentes das guardas Municipal e Ambiental de São Pedro da Aldeia participaram de um workshop sobre aeronaves não tripuladas, também conhecidas como drones, e acesso seguro ao espaço aéreo brasileiro. O evento aconteceu no auditório da Base Aérea Naval e contou com a participação do comandante da Base, o Capitão de Mar e Guerra Vinícius Azevedo Lima; da secretária municipal de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves; do subsecretário da pasta, Jorge Ribeiro; militares do efetivo da Marinha do Brasil; Polícia Militar; dentre outros integrantes de órgãos de segurança e sociedade civil.



A palestra foi ministrada pelo Capitão Jorge Alexandre de Almeida Regis, pertencente ao Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA 2), Regional do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). Na ocasião, o oficial abordou os desafios por parte das autoridades em fomentar este novo segmento da aviação, sem abrir mão da segurança dos demais usuários do espaço aéreo, pessoas e propriedades no solo. Também foram abordados os aspectos regulatórios pertinentes ao setor não tripulado.



A secretária de Segurança e Ordem Pública, Leila Neves, destacou a importância da participação do efetivo no evento. “Nós temos um planejamento futuro de aquisição de um drone para auxílio dos trabalhos da Guarda Municipal, por meio do monitoramento aéreo. Este Seminário foi o início da preparação da nossa Guarda para a devida utilização desse equipamento, que será de grande importância para a melhoria e apoio aos serviços prestados. Por isso, é fundamental que os nossos agentes tenham conhecimento sobre a legislação, normas e critérios técnicos para a operação dessas aeronaves”, disse.



O conteúdo programático do workshop também enfatizou a participação do Brasil nas discussões internacionais, o único país da América Latina a fazer parte do Painel de Aeronaves Remotamente Pilotadas, gerenciado pela Organização da Aviação Civil Internacional (OACI). Na ocasião, o palestrante ressaltou que as práticas adotadas pelo Brasil, referentes à acomodação desta nova tecnologia no espaço aéreo brasileiro, tem chamado a atenção da comunidade internacional, colocando o país em posição de destaque.



O capitão abordou ainda as diversas aplicações do setor, a facilidade de acesso a esta nova tecnologia, mercado e relação custo benefício, a consequente elevação da demanda de acesso ao espaço aéreo, a importância da manutenção dos equipamentos por parte das autoridades e a realização de campanhas educativas.