400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

IX Conferência Municipal de Assistência Social define propostas e elege delegados

Por Raíra Morena em 02/08/2013
Imagem da Notícia: O segundo e último dia da IX Conferência Municipal de Assistência Social de São Pedro da Aldeia reuniu centenas de pessoas de diferentes segmentos da sociedade no Teatro Municipal Dr. Átila Costa nesta quinta-feira (01). O evento, realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social, teve como objetivo discutir e avaliar a situação atual da Assistência Social no município e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, tendo como tema central a “Gestão e o Financiamento na efetivação do SUAS”. O evento foi marcado pela deliberação de mais de 30 propostas e pela eleição de oito delegados municipais, responsáveis por levar as propostas elaboradas à etapa estadual, prevista para acontecer até outubro.O vice-prefeito Iédio Rosa, representou, pela manhã, o Prefeito Cláudio Chumbinho.

O segundo e último dia da IX Conferência Municipal de Assistência Social de São Pedro da Aldeia reuniu centenas de pessoas de diferentes segmentos da sociedade no Teatro Municipal Dr. Átila Costa nesta quinta-feira (01). O evento, realizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação em parceria com o Conselho Municipal de Assistência Social, teve como objetivo discutir e avaliar a situação atual da Assistência Social no município e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, tendo como tema central a “Gestão e o Financiamento na efetivação do SUAS”. O evento foi marcado pela deliberação de mais de 30 propostas e pela eleição de oito delegados municipais, responsáveis por levar as propostas elaboradas à etapa estadual, prevista para acontecer até outubro.O vice-prefeito Iédio Rosa, representou, pela manhã, o Prefeito Cláudio Chumbinho.

Ao final da Conferência, a Secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação, Sandra Coelho, que acompanhou de perto todas as atividades, destacou a importância do evento como instrumento de estímulo à democracia e da intensa participação popular na discussão de políticas públicas e na busca por estratégias de ação para melhorar e consolidar o Sistema Único de Assistência Social em São Pedro da Aldeia, com foco na gestão compartilhada.

"Nós estamos vivendo um momento único no nosso município. Tivemos um aumento de 30% no Índice de Gestão Descentralizada (IGD) que nos deixa numa posição privilegiada no Estado. Isso tudo reflexo do empenho e da dedicação de toda a equipe. A Conferência veio consagrar esse nosso trabalho, trazendo a reflexão, a discussão aberta e o debate coletivo com vários segmentos da sociedade, discutindo os problemas, ações, sugestões e soluções para avançar e fortalecer a nossa rede. Todas serão colocadas na Conferência Estadual e tenho certeza de que nós iremos colher muitos frutos futuramente. Tivemos também a presença do nosso Prefeito Cláudio Chumbinho, que fez questão de prestigiar o evento e ficou muito satisfeito com o resultado", disse.

O presidente do Conselho Municipal da Assistência Social, Getúlio Nogueira, falou sobre as expectativas para a Conferência Estadual e ressaltou o investimento da atual administração na área de Assistência Social. "Nesses sete meses de nova gestão, muita coisa nova e boa aconteceu. Acredito que vamos levar uma imagem muito diferente de São Pedro da Aldeia. Tivemos uma excelente Conferência, tudo transcorreu numa tranquilidade perfeita, conforme o planejado. Estamos saindo daqui preparados e motivados para representar muito bem o nosso município no Estado", ressaltou.


A programação teve início cedo, às 8h, com o credenciamento, café da manhã e apresentações culturais de usuários dos CRAS. Em seguida, houve a leitura e aprovação do Regimento, apresentação do diagnóstico das pré-conferências e, para nortear e abrir os debates do dia, a Superintendente Estadual da Proteção Social Básica, Edneusa de Oliveira, ministrou a palestra sobre "Gestão e Financiamento na Efetivação do SUAS".

Já no período da tarde, grupos de trabalho aprofundaram as discussões em torno de seis eixos temáticos: 1) O Cofinanciamento Obrigatório da Assistência Social; 2) Gestão do SUAS: Vigilância Socioassistencial, processos de planejamento, monitoramento e avaliação; 3) Gestão do Trabalho; 4) Gestão dos Serviços, Programas e Projetos; 5) Gestão dos Benefícios no SUAS e 6) Regionalização. Logo após, houve a Plenária Final, onde foram expostas, deliberadas e aprovadas um volume de propostas novas para o município e recomendações. Durante a plenária também foram discutidos os principais avanços e dificuldades encontradas até o momento na rede socioassistencial do município. Todas as deliberações serão enviadas à Conferência Estadual em instrumento próprio contendo a análise qualitativa de cada eixo.

Encerrando o evento por voltas das 18h, houve a votação dos oito delegados municipais que representarão o município na etapa estadual. A escolha obedeceu a seguinte proporção: 50% de representantes da sociedade civil e 50% governamentais. Os delegados eleitos foram Rachel Brasil (coordenadora do CRAS do Balneário), Cláudia França (membro da Secretaria de Assistência Social), Liliane Pessanha (assistente social do CRAS da Rua do Fogo) e Marília de Souza (coordenadora do CRAS do bairro São João), todas representando o Poder Público. Representando a sociedade civil, foram escolhidos Igor Fernandes e Adélia Ferreira (trabalhadores do SUAS), Elizabete Costa (Associação de Moradores da Colina) e Rosângela Patrício (usuária do CRAS Porto da Aldeia).


Participaram da cerimônia o Secretário de Administração, Antônio Carlos Teixeira, o presidente do Conselho Tutelar, Luiz Cláudio Medina, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Walter Cordeiro, o líder da Associação dos Remanescentes Quilombolas, Roberto dos Santos, o presidente da Associação de Aposentados e Idosos, Hailton Trindade, presidentes e membros de associações de moradores, servidores, coordenadoras e usuários dos CRAS, entre outros membros da sociedade civil. Todos receberam certificado de participação.

Tópicos: CRAS , Conferência Municipal de Assistência Social , SUAS , CREAS