400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

JESPA 2015: Dança lota Teatro Municipal

Por Viviane Teixeira em 10/11/2015
Imagem da Notícia: O Teatro Municipal Dr. Átila Costa recebeu, na noite de segunda-feira, dia 9 de novembro, alunos de escolas municipais, estaduais e particulares em apresentações de dança, categoria dos Jogos Escolares de São Pedro da Aldeia – JESPA 2015. A noite reuniu 11 escolas do município e cerca de 400 pessoas na plateia que vibrou com as apresentações.


 

O Teatro Municipal Dr. Átila Costa recebeu, na noite de segunda-feira, dia 9 de novembro, alunos de escolas municipais, estaduais e particulares em apresentações de dança, categoria dos Jogos Escolares de São Pedro da Aldeia – JESPA 2015. A noite reuniu 11 escolas do município e cerca de 400 pessoas na plateia que vibrou com as apresentações.



Participaram do evento a Escola Municipal Vinhateiro, a Escola Municipal Professora Maria da Glória dos Santos Motta, a Escola Municipal Francisco Paes de Carvalho Filho, a Escola Municipal Antônio Vaz da Silva, a Escola Municipalizada Lucinda Franciscone Medeiros, a Escola Municipal Luiza Terra de Andrade, a Escola Municipal Rubem de Arruda Câmara, o Colégio Estadual José Rascão, o CIEP 272, o Colégio Cenecista Almirante Barroso e o Colégio Silva Serpa que foram julgados pelos dançarinos e coreógrafos Victor Barros e Alex Cruz, além do coordenador da Secretaria Municipal de Educação, Bruno Caldeira, e da secretária adjunta de Educação, Edlúcia Marques.



O resultado final, divulgado pela diretora da SEMED Vanessa Castañón e pelo coordenador de Educação Física e do JESPA Alan Mota, consagrou a vitória do CIEP 272 com o somatório de 196,6 pontos. O segundo melhor colocado foi o Colégio Silva Serpa, com 190,1 pontos, e o terceiro a Escola Municipal Antônio Vaz, com 180,8 pontos somados.



O secretário municipal de Educação, professor Evaldo Bittencourt, destacou a integração entre as escolas do município e parabenizou a dedicação dos profissionais envolvidos nos espetáculos:



“Em nome da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação, abraçamos alunos, professores e diretores de escolas e quero destacar a integração entre as unidades municipais, estaduais e particulares e todo o esforço e dedicação dos diretores e professores porque só através deste esforço é que se torna possível ver, aqui em cima do palco, o talento destes jovens. Também quero destacar a participação das famílias que incentivam, apoiam os ensaios, e investem nos figurinos”, destacou o secretário, que também falou sobre a importância da cultura e do esporte na vida de crianças e jovens: “Nunca dei muito ouvido a quem diz que o jovem nada quer, que não tem interesse, mas acredito que o que falta para se ter um mundo melhor é dar a eles oportunidade. É possível tornar o planeta melhor fazendo com que o jovem escolha coisas saudáveis como o esporte, a dança, a cultura de um modo geral, aí não tem erro, pois teremos homens e mulheres mais felizes e do bem no futuro”.



Evaldo Bittencourt destacou a importância do JESPA e da trajetória percorrida pelos jogos ao longo de meses:


“Realizar o JESPA por mais um ano nos deixa muito felizes. Hoje temos a dança, mas estamos há dois meses em meio a outras emoções, como o jogo de cognição que é o xadrez, e outras modalidades e, no dia 28 de novembro, teremos aqui mais uma festa bonita que é a entrega das premiações, mas, gostaria de destacar, que muito mais do que ter uma medalha no peito é a valorização do caminhar, o processo que nos trouxe até aqui. Com o tempo amadurecemos e percebemos que o caminhar também é muito bom. Hoje a dança é o resultado de um esforço, mas a cada ensaio, a cada erro, cada ajuda dos colegas, enfim, esse conjunto de travessias, podemos chegar a algum lugar e isto tem um grande valor porque o ser humano cresce quando se apoia no coletivo”, disse o secretário que encerrou a fala agradecendo a todos os envolvidos e destacou a presença do vereador Adalberto Amaral no evento.



A noite contou ainda com a apresentação do grupo de Street Dance Intervenção Hip Hop.