400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Licitada a empresa que vai elaborar projeto do cinema de São Pedro da Aldeia

Por Luana Macêdo em 20/12/2013
Imagem da Notícia: Dando continuidade aos processos para a implantação do cinema em São Pedro da Aldeia, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, concluiu o processo licitatório para a contratação dos serviços de elaboração de projetos executivos de arquitetura, complementares e orçamento do “Projeto Cinema da Cidade”. A licitação foi vencida pela empresa Archi5 Arquitetos Associados LTDA. As próximas etapas serão o início das visitas técnicas, necessárias para a execução do serviço.

Dando continuidade aos processos para a implantação do cinema em São Pedro da Aldeia, foi definida a empresa responsável pelos projetos executivos de arquitetura, complementares e orçamento, para a execução das obras no município aldeense. Após o processo licitatório, vencido pela empresa Archi5 Arquitetos Associados LTDA, a Secretaria Estadual de Cultura, marcará datas para as visitas técnicas no município. A chegada do “Cinema da Cidade”,em São Pedro da Aldeia, aconteceu após o município vencer a seleção para receber as estruturas. A chegada das salas de projeção e de todo complexo, faz parte do programa “Cinema da Cidade”, uma parceria entre Prefeitura aldeense, governo do Estado e Federal.

 

As tomadas de preços n° 109 e 110/ 2013, foram realizadas pela Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro, (EMOP) e publicadas no Diário Oficial da União – DOU. 



O cinema será construído em uma área de cerca de 1500m², a estrutura prevê a construção de salas de projeção digital, adaptáveis para tecnologia 3D, com capacidade de 100 a 200 lugares, sala para exposições culturais, multiuso, café e bombonier. O Projeto “Cinema da Cidade”, por meio de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, o Ministério da Cultura (MinC), a  Agência Nacional do Cinema (ANCINE) e a Caixa Econômica Federal, tem como objetivo implantar salas de exibição em municípios de pequeno e médio porte (entre 20.000 mil e 100.000 mil habitantes) que não contam com cinemas em funcionamento.