400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeito Cláudio Chumbinho assina permissão de uso de terreno para cooperativa de catadores

Por Renata Souza/Renato Silveira em 02/02/2015
Imagem da Notícia: O prefeito Cláudio Chumbinho assinou, na manhã desta segunda-feira (02), o termo de permissão de uso de bem público para a Cooperaldeense, primeira cooperativa de catadores de materiais recicláveis de São Pedro da Aldeia, presidida pelo catador Daniel Vidal. O terreno cedido está localizado no loteamento Jardim Europa, no bairro Retiro. No local, será construído um galpão para a triagem e separação do material recolhido. O ato de assinatura contou também com a presença da secretária de Ambiente Lagoa, Pesca e Saneameno, Adriana Saad, do secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Pública e Esporte, Edmilson Bittencourt, da representante do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Rosane Mendonça, além de vários catadores.

O prefeito Cláudio Chumbinho assinou, na manhã desta segunda-feira (02), o termo de permissão de uso de bem público para a Cooperaldeense, primeira cooperativa de catadores de materiais recicláveis de São Pedro da Aldeia, presidida pelo catador Daniel Vidal. O terreno cedido está localizado no loteamento Jardim Europa, no bairro Retiro. No local, será construído um galpão para a triagem e separação do material recolhido. O ato de assinatura contou também com a presença da secretária de Ambiente Lagoa, Pesca e Saneameno, Adriana Saad, do secretário de Governo, Desenvolvimento Econômico, Ordem Pública e Esporte, Edmilson Bittencourt, da representante do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Rosane Mendonça, além de vários catadores.


  

 

O prefeito destacou a importância da criação da cooperativa em São Pedro da Aldeia.


 

“Quero agradecer o trabalho de toda equipe das Secretarias de Ambiente, Governo e Desenvolvimento Econômico, que se empenharam nesse trabalho que se consolida hoje. Sabemos da luta diária dos catadores e o Governo está aqui para apoiar o trabalho de todos. A cooperativa é uma grande oportunidade para que essa luta seja reconhecida, de maneira justa e dentro da legalidade. Esse é o primeiro passo para outros feitos que estão por vir", disse.

 


Em cumprimento à Lei Nacional de Resíduos Sólidos, a Prefeitura vai contratar a Cooperaldeense para a coleta de materiais recicláveis em ecopontos, que serão definidos, além de trabalhar também com grandes empresas. Hoje, já existe um ponto de entrega de materiais recicláveis, no Horto Escola Artesanal, em parceria com a Ampla, que dá desconto na conta de luz de acordo com a qualidade e quantidade entregue.


 

O presidente da Cooperativa, Daniel Vidal, agradeceu ao prefeito pelo reconhecimento do trabalho.


 

 "Quero agradecer ao prefeito Cláudio Chumbinho e a secretária Adriana, por essa atitude. O Governo Municipal reconheceU o nosso trabalho, abraçou a nossa luta e hoje estamos aqui assinando esse documento para criação da cooperativa. Estamos iniciando com 10 catadores, mas sabemos que esse número vai aumentar muito mais, isso é só o começo", disse,


 

De acordo com a secretária de Ambiente, Lagoa, Pesca e Saneamento, Adriana Saad, esse é um importante passo nas políticas ambientais e de inclusão social no município.

 

“ Com a criação da Cooperativa,que hoje tem 10 cooperados, a assinatura desse documento e as ações posteriores, que serão a construção do galpão, a criação dos ecopontos e a parceria com as empresas, inserimos São Pedro da Aldeia na Lei Nacional dos Resíduos Sólidos, o que melhorará nosso ICMS Verde, além de garantir trabalho e renda para os catadores” afirmou