400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeitura aldeense discute Política de Saúde Integral da População Negra

Por Raíra Morena em 18/12/2013
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu, nessa quarta-feira (18), o 1° Simpósio da Saúde Integral da População Negra, na Câmara Municipal. O evento teve como objetivo discutir estratégias e deliberar propostas para a consolidação de políticas públicas de saúde voltadas para a população negra no município. Representando o Prefeito Cláudio Chumbinho, o vice-prefeito Iédio Rosa compareceu ao encontro, ao lado do Presidente do Legislativo, Guga de Mica, membros da Secretaria de Saúde, entre outras autoridades municipais e matrizes africanas. À frente do ciclo de palestras estiveram o Coordenador da Promoção da Igualdade Racial, Sérgio Rodrigues, a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição, o representante da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, Celso Moraes e o Presidente da Associação dos Remanescentes de Quilombo de Botafogo, Roberto Santos.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu, nessa quarta-feira (18), o 1° Simpósio da Saúde Integral da População Negra, na Câmara Municipal. O evento teve como objetivo discutir estratégias e deliberar propostas para a consolidação de políticas públicas de saúde voltadas para a população negra no município. Representando o Prefeito Cláudio Chumbinho, o vice-prefeito Iédio Rosa compareceu ao encontro, ao lado do Presidente do Legislativo, Guga de Mica, membros da Secretaria de Saúde, entre outras autoridades municipais e matrizes africanas. À frente do ciclo de palestras estiveram o Coordenador da Promoção da Igualdade Racial, Sérgio Rodrigues, a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição, o representante da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, Celso Moraes e o Presidente da Associação dos Remanescentes de Quilombo de Botafogo, Roberto Santos.

De acordo com a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, os objetivos foram atingidos. “Foi um encontro bastante produtivo. O nosso objetivo foi justamente criar um espaço aberto de discussão e diálogo, promovendo o conhecimento e mobilizando tanto a população como os profissionais de saúde acerca das diretrizes da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra. O próximo passo agora será nós tecermos, junto ao Conselho Municipal de Saúde, tudo o que ficou acordado durante o simpósio, para que as propostas possam ser normatizadas. Nosso objetivo é efetivar essa política no município, dentro da linha de trabalho do Prefeito Cláudio Chumbinho, prezando por uma gestão solidária e participativa em prol da qualidade de vida para toda a população”, destacou.

Representando a sociedade civil, o Presidente da Associação dos Remanescentes de Quilombo de Botafogo, Roberto Santos, destacou o empenho da Administração Pública em efetivar ações pela equidade do atendimento em saúde e pela promoção da igualdade racial. “Hoje São Pedro da Aldeia está muito a frente de diversos municípios. Graças à atual gestão, os profissionais da equipe do Programa Saúde da Família da nossa comunidade hoje já recebem incentivo financeiro específico. Também é motivo de muito orgulho para nós a inauguração, na nossa comunidade, da primeira Escola Quilombola do Estado, que foi outra importante realização da Prefeitura. Agradeço ao Prefeito Cláudio Chumbinho que tem aberto as portas para nós. Isso mostra que o município está no caminho certo”, disse.

Entre os temas abordados pelo ciclo de palestras estavam as diretrizes da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, indicadores e corte social, estratégias e ações concretas para o cuidado, atenção, promoção à saúde, recuperação e prevenção de doenças, incluindo as enfermidades genéticas e hereditárias vinculadas à etnia, como a anemia falciforme e a hipertensão arterial, além do combate a discriminação étnico-racial nos serviços e atendimentos oferecidos no Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Após as explanações, foram formados grupos de trabalho para a deliberação de propostas. Entre as propostas deliberadas estiveram a capacitação, formação e sensibilização para trabalhadores de saúde, a criação de um Comitê Técnico Municipal, intersetorialidade e mobilização popular de lideranças comunitárias. As propostas agora serão encaminhadas ao Conselho Municipal de Saúde.


Tópicos: Quilombolas , PNSIPN , População negra , Matrizes africanas