Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Prefeitura aldeense integra vacina contra Hepatite A no calendário de vacinação infantil

Por Gabrielly Costa em 19/08/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou o trabalho de imunização contra a Hepatite A. A meta do município é vacinar aproximadamente 2.150 crianças que façam parte do público-alvo, na faixa etária de 1 ano a menos de 2 anos. Nesse primeiro momento, São Pedro da Aldeia dispõe de 267 doses da vacina. A vacinação contra a Hepatite A passou a fazer parte do calendário de vacina infantil no dia 18 de agosto. Neste mesmo dia foi feita uma ação nas unidades dos bairros Alecrim, Arruda, Porto do Carro, Orquídea e no Centro. As unidades de Saúde da Família dos bairros Alecrim e Porto do Carro e a Policlínica Municipal dispõem da vacina, com estoque para o mês. As outras unidades citadas, que não possuem sala de vacina, foram mapeadas e um Dia D foi realizado na segunda (18). Os agentes de saúde da área orientaram as mães a levar as crianças nos postos nesse dia para a imunização. A Policlínica Municipal imunizou nos dois primeiros dias mais de 40 crianças.


A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou o trabalho de imunização contra a Hepatite A. A meta do município é vacinar aproximadamente 2.150 crianças que façam parte do público-alvo, na faixa etária de 1 ano a menos de 2 anos. Nesse primeiro momento, São Pedro da Aldeia dispõe de 267 doses da vacina. A vacinação contra a Hepatite A passou a fazer parte do calendário de vacina infantil no dia 18 de agosto. Neste mesmo dia foi feita uma ação nas unidades dos bairros Alecrim, Arruda, Porto do Carro, Orquídea e no Centro. As unidades de Saúde da Família dos bairros Alecrim e Porto do Carro e a Policlínica Municipal dispõem da vacina, com estoque para o mês. As outras unidades citadas, que não possuem sala de vacina, foram mapeadas e um Dia D foi realizado na segunda (18). Os agentes de saúde da área orientaram as mães a levar as crianças nos postos nesse dia para a imunização. A Policlínica Municipal imunizou nos dois primeiros dias mais de 40 crianças.

 


Enfermeira e Coordenadora de Imunização, Teresinha de Jesus Gonçalves discorre sobre a importância da vacinação. "A Hepatite A apresenta alta prevalência nos países com precárias condições sanitárias e socioeconômicas e constitui um importante programa de saúde pública no Brasil. A projeção dessa doença viral continua a ser uma arma mais importante para seu controle, pois não existem medicamentos antivirais específicos contra a doença. A vacina foi introduzida no nosso calendário de vacina infantil a partir desse mês. No momento, o Ministério da Saúde não disponibilizou o quantitativo de vacina necessário para atender todas as nossas unidades, mas nós vamos levar essa vacinação para todas as unidades da cidade. É muito importante que as mães tragam seus filhos para a imunização, porque as vacinas não são curativas, são preventivas. Nós não tínhamos a vacina da Hepatite A no calendário, ela era uma vacina considerada especial. Quando o pediatra solicitava essa vacina, a gente precisava fazer uma solicitação ao Estado e agora ficou muito mais fácil para as mães. Não há a necessidade de solicitar mais a vacina, porque ela já está no calendário e nós a receberemos junto com as vacinas de rotina”, disse.


 

Moradora do bairro Estação, Carolina da Silva levou sua filha de um ano e seis meses para ser imunizada. “Trouxe minha filha para ser vacinada, porque é muito importante estar em dia com o calendário de vacinas. A gente precisa fazer nossa parte e prevenir a doença. Fui muito bem atendida e a equipe está de parabéns”, falou.

 

 


De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra a Hepatite A é segura e, praticamente, isenta de reações.  Entretanto, como em qualquer outra vacina, podem ocorrer alguns efeitos como inchaço no local da aplicação, vermelhidão e outras reações generalizadas.