400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeitura aldeense participa de oficina promovida pela Secretaria de Estado de Saúde

Por Gabrielly Costa em 16/06/2015
Imagem da Notícia: Representando a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, a subsecretária de Atenção Básica, Sonia Marques, e a coordenadora de Atenção Básica, Jessica Tavares, participam da II Oficina Estadual de Vigilância de Eventos Adversos Pós-vacinação. O encontro, realizado em Nova Friburgo, começou nesta terça-feira (16) e vai até a quinta-feira (18). Entre os objetivos da ação estão a promoção da vacina segura e a discussão de casos clínicos. A oficina é promovida pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro e tem como público-alvo coordenadores municipais de imunização e técnicos da vigilância municipal dos eventos adversos pós-vacinação (EAPV’s).

Representando a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, a subsecretária de Atenção Básica, Sonia Marques, e a coordenadora de Atenção Básica, Jessica Tavares, participam da II Oficina Estadual de Vigilância de Eventos Adversos Pós-vacinação. O encontro, realizado em Nova Friburgo, começou nesta terça-feira (16) e vai até a quinta-feira (18). Entre os objetivos da ação estão a promoção da vacina segura e a discussão de casos clínicos. A oficina é promovida pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro e tem como público-alvo coordenadores municipais de imunização e técnicos da vigilância municipal dos eventos adversos pós-vacinação (EAPV’s).



Subsecretária de Atenção Básica, Sonia Marques fala sobre a participação do município na oficina. “Estamos aqui para levar novas técnicas e aspectos administrativos para São Pedro da Aldeia. A vacinação em larga escala produz uma ‘imunização em manada’, em que mesmo as pessoas que não receberam a dose se beneficiam, já que os cidadãos vacinados criam uma barreira que as doenças não atravessam. Parabenizo a Secretaria Estadual pela iniciativa, a participação de nosso município é muito importante para qualificar o atendimento oferecido à população”, disse.



O encontro, que reúne representantes da Região Serrana e Baixada Litorânea, tem como objetivo apresentar o Novo Manual de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinação; elucidar os principais aspectos técnicos relacionados às vacinas do Calendário Nacional de Vacinação; identificar os principais nós críticos no que se refere à Vigilância dos Eventos Adversos Pós-Vacinação (VEAPV) e à rotina dos Imunobiológicos Especiais; discutir casos clínicos relacionados aos EAPV’s notificados no Estado do Rio de Janeiro; operacionalizar a implementação do Sistema de Informação da Vigilância Eventos Adversos Pós-Vacinação (SIEAPV) on-line e promover a vacinação segura.