Atalhos de Acessibilidade


Rumo aos 400 anos de São Pedro da Aldeia

Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia

Você está em:   Skip Navigation Links

Sala de Imprensa

Notícias

Prefeitura aldeense realiza capacitação profissional para Programa Antitabagismo
RSS
Por Gabrielly Costa em 18/08/2014

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, realiza nesta segunda-feira (18) a capacitação de profissionais para atuação no Programa Antitabagismo. A capacitação é feita em parceria com a Prefeitura de Iguaba Grande e tem como objetivo descentralizar o Programa e facilitar o acesso da população ao tratamento. O curso, realizado gratuitamente no auditório da Policlínica de São Pedro da Aldeia, busca qualificar o profissional no atendimento e na compressão da angústia e aflição do paciente que busca se livrar da dependência química e psicológica que o cigarro ocasiona. A qualificação aborda todos os itens trabalhados no Programa Antitabagismo. Temas como a realização da primeira avaliação, o método de tratamento, abstinência, dicas para construir uma relação com os pacientes e lidar com as necessidades de cada um, como ajudá-los a vencer os obstáculos, estímulos ao fumo, vício e viciados, a complexidade do programa, os benefícios e os efeitos de se parar de fumar são abordados nessa qualificação. Além disso, os profissionais recebem material de apoio com diretrizes para realização do Programa, livretos com o passo-a-passo e o objetivo de cada reunião da primeira fase. Os participantes recebem, ao final do curso de um dia, certificado aprovado pelo Estado.



São Pedro da Aldeia dispõe de tratamento, orientação e medicação gratuitos às pessoas que desejam parar de fumar, oferecidos pela Prefeitura Municipal. O Programa Antitabagismo é realizado em duas etapas. Na primeira fase, são marcados quatro encontros semanais com uma temática específica para cada sessão. Entre a terceira e a quarta reunião, momento em que o paciente escolhe a data para parar de fumar, é feita a distribuição da medicação gratuita, fornecida pelo Ministério da Saúde e repassada à população pelo município. Já a segunda etapa consiste na manutenção, quando são realizados encontros quinzenais para acompanhamento. Apesar da distribuição gratuita da medicação, a abordagem e a base do tratamento é cognitiva comportamental. Por isso, é importante que o paciente participe das reuniões estruturadas pelo Programa. Vale lembrar que o tabagismo é considerado uma doença crônica e não transmissível, que leva muitas pessoas a morte.



Enfermeira e Coordenadora de Tabagismo de São Pedro da Aldeia, Quizi Maria discorre sobre a capacitação. “É muito importante a gente fazer essa descentralização do programa para as pessoas terem mais acesso, além de aperfeiçoar nosso trabalho. Precisamos oferecer esse programa nas Unidades de Saúde da cidade, por isso, convidamos enfermeiros, médicos e outros profissionais para estarem fazendo esse trabalho em suas unidades. A partir do mês que vem, além do PAISMCA no Centro e da Unidade de Saúde da Família (USF) de São Mateus, estaremos incluindo a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Centro, UBS do Fluminense, UBS do Poço Fundo, USF do Vinhateiro e a USF do Baixo Grande, cujos profissionais estão sendo capacitados”, disse.



Coordenadora de Tabagismo de Iguaba Grande, Anna Paula destaca a parceria entre os dois municípios. “Essa parceria entre São Pedro da Aldeia e Iguaba Grande é muito importante, porque a gente consegue dar suporte um município ao outro. Às vezes há uma dificuldade de medicação, de algo nos grupos, e uma cidade acaba socorrendo a outra. Essa é a primeira capacitação feita aqui na Região, porque as capacitações desse nível são feitas pelo Estado, no Rio de Janeiro. Com essa iniciativa, a gente traz essa capacitação para os municípios e facilita a descentralização do programa”, declarou.



Enfermeira da Unidade do Centro, Analídia Fernandes participa da capacitação e se mostra contente com a oportunidade. “Essa inciativa da Prefeitura da cidade, de promover essa capacitação, é muito boa, porque acrescenta e promove o conhecimento dos profissionais para um melhor atendimento ao público. Estou participando da capacitação, porque o curso é muito importante e irá aperfeiçoar nosso conhecimento já existente e trazer diferentes pontos de vistas que pode ser desconhecido para a gente”, falou.


Atualmente, São Pedro da Aldeia oferece o tratamento no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente (PAISMCA), localizada à Estrada do Porto, nº 36, e na Unidade de Saúde da Família em São Mateus, Estrada Faz São Mateus, s/nº.

  • Valid XHTML 1.0 Transitional
  • Selo de Acessibilidade - DaSilva
Desenvolvido por NPI Brasil Rua Marques da Cruz, 61 - Centro / (22) 2621-1559
CEP: 28941-086