400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeitura aldeense realizou audiência pública sobre Plano de Habitação

Por Renato Silveira em 24/03/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou audiência pública para apresentação do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS). Esta foi a terceira etapa de elaboração do plano. Sem a conclusão, do mesmo, o município ficaria impedido de receber verbas referentes à habitação, como o “Minha Casa, Minha Vida”.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia realizou audiência pública para apresentação do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS). Esta foi a terceira etapa de elaboração do plano. Sem a conclusão, do mesmo, o município ficaria impedido de receber verbas referentes à habitação, como o “Minha Casa, Minha Vida”.

 

 O PLHIS constitui um conjunto articulado de diretrizes, objetivos, metas, ações e indicadores que caracterizam os instrumentos de planejamento e gestão habitacionais. É a partir de sua elaboração que municípios e estados consolidam, em nível local, a Política Nacional de Habitação, de forma participativa e compatível com outros instrumentos de planejamento local.

 

De acordo com o representante da empresa contratada para a elaboração do plano, Wagner Vils o processo de elaboração do Plano Local de Habitação de Interesse Social

“A primeira é a proposta metodológica, a segunda o diagnóstico do setor habitacional e, por fim, as estratégias de ação , que é o atual estágio de São Pedro da Aldeia”. Afirmou.

Segundo o secretário de Urbanismo e Habitação, Júlio Berlandi, o município possui uma série de projetos para habitação de interesse social e a discussão sobre o plano vai melhorar esse processo.

“A partir desse diagnóstico que está sendo apresentado, podemos ampliar as nossas ações, principalmente com as verbas federais que poderão vir com a conclusão do plano” afirmou.

Participaram da audiência, além de Júlio Berlandi,  o secretário de Governo, Edmilson Bittencourt, que representou o prefeito Cláudio Chumbinho; a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Esther Chumbinho; o secretário de Educação, Evaldo Bittencourt; o secretário de Agricultura, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu e a secretária especial de Projeto, Cláudia Magalhães.