400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeitura consegue aprovação de R$ 700 mil para investimentos no Parque Natural Aldeense

Por Luana Macêdo em 25/04/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Ambiente, Lagoa, Pesca e Serviços Públicos, conquistou junto a Câmara de Compensação Ambiental, da secretaria estadual de ambiente, a aprovação de uma verba de aproximadamente R$ 700 mil. A quantia será utilizada para a estruturação do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica Aldeense, nos Morros do Milagre e do Frade. A próxima etapa será a elaboração de um convênio para o uso da verba.


 

 A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Ambiente, Lagoa, Pesca e Serviços Públicos, conquistou  junto a Câmara de Compensação Ambiental, da secretaria estadual de ambiente, a aprovação de uma verba de aproximadamente R$ 700 mil. A quantia será utilizada para a estruturação do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica Aldeense, nos Morros do Milagre e do Frade. A próxima etapa será a elaboração de um convênio para o uso da verba.

 

Para o prefeito Cláudio Chumbinho, esse é mais um importante passo para a estruturação do Parque. “A conquista dessa verba vai nos possibilitar a participação da sociedade através do Conselho e daremos início à parte estrutural do parque. São Pedro da Aldeia pelo segundo ano consecutivo obteve a maior arrecadação de ICMS verde da Região dos Lagos, iremos utilizar parte desse repasse na regulamentação do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica Aldeense”, disse. 



O parque terá corredores ecológicos ligando os Morros do Milagre e Frade, conforme determina a lei federal que regula a criação de áreas verdes. O modelo que será adotado em São Pedro da Aldeia permite a exploração turística do local, com esquema de fiscalização. O local tem a extensão de 269 hectares de área preservada.

 

De acordo com a Secretária de Ambiente, Lagoa, Pesca e Serviços Públicos, Adriana Saad, o Parque Natural será um ganho importante para toda a população.

 

“O recebimento dessa verba é muito importantes, pois poderemos constituir um conselho envolvendo toda a sociedade. Faremos a estruturação do parque dando possibilidade de uso para a população, envolvendo a comunidade e os bairros vizinhos nos projetos de educação ambiental. Conseguiremos com esse reforço criar uma estrutura de funcionamento do parque, com visitação, uso e interação”, afirmou Adriana.