Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Prefeitura de São Pedro da Aldeia encerra programação do mês da mulher

Por Luana Macêdo em 30/03/2017
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e a Secretaria Adjunta de Cultura, encerrou a programação alusiva ao mês da mulher na cidade. A última ação comemorativa contou com exibição de vídeo, palestra e esquetes culturais. Estiveram presentes a secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques e a diretora de Direitos Humanos, Alba Guimarães.



A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos e a Secretaria Adjunta de Cultura, encerrou a programação alusiva ao mês da mulher na cidade. A última ação comemorativa contou com exibição de vídeo, palestra e esquetes culturais. Estiveram presentes a secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques e a diretora de Direitos Humanos, Alba Guimarães. 



A secretária adjunta de Cultura, Edlúcia Marques, falou sobre a importância das realizações durante o mês de março.


“Com muita alegria estamos culminando esse evento, tenho certeza de que somos pessoas diferentes após essas rodas de conversas. Foi um evento tão bonito que não podemos encerrar, vamos tentar nos programar para fazer esse encontro pelo menos uma vez ao mês. Sairemos daqui com muita propriedade do que absorvemos, foi muito gratificante. Vamos nos empoderar a partir de tudo o que aprendemos aqui”, afirmou Edlúcia. 



Abrindo a programação, um vídeo produzido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) contou a história de Dona Rosa Geralda da Silveira. Figura importante na região, ela dá nome a primeira escola quilombola da Região dos Lagos, localizada em São Pedro da Aldeia. O documentário foi gravado no Quilombo Botafogo Caveira, expondo a produção agrária, os costumes locais e o cotidiano de luta da comunidade.



Na sequência, o palestrante Clóvis Eduardo abordou diversos temas relacionados ao cotidiano da mulher, como família, matriarcado, desafios, entre outros.



“É até difícil falar alguma coisa depois de um vídeo impactante que conta tanto da história da Dona Rosa Geralda, uma figura tão importante para nossa história. Já diria Darcy Ribeiro, o Brasil foi criado pelas mulheres, o matriarcado que fez tantos homens e mulheres”, disse Clóvis.