Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Prefeitura de São Pedro da Aldeia retoma obras de cinco Unidades de Saúde

Por Gabrielly Costa em 19/03/2015
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, em parceria com o Governo Federal, retomou a construção das Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros Centro/Mossoró, Campo Redondo, Parque Arruda, Porto da Aldeia e Porto do Carro. Todas as unidades estão sendo construídas com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). No início do mês, a Prefeitura da cidade inaugurou a USF do bairro Flexeira, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na Rua da Adutora, s/n. A unidade atua como Estratégia de Saúde da Família, com médico generalista, enfermeira, dentista, auxiliar de serviços bucais, técnica de enfermagem, auxiliar de serviços gerais, atendente e agentes de saúde, que realizam visitas domiciliares

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, em parceria com o Governo Federal, retomou a construção das Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros Centro/Mossoró, Campo Redondo, Parque Arruda, Porto da Aldeia e Porto do Carro. Todas as unidades estão sendo construídas com recursos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). No início do mês, a Prefeitura da cidade inaugurou a USF do bairro Flexeira, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na Rua da Adutora, s/n. A unidade atua como Estratégia de Saúde da Família, com médico generalista, enfermeira, dentista, auxiliar de serviços bucais, técnica de enfermagem, auxiliar de serviços gerais, atendente e agentes de saúde, que realizam visitas domiciliares.



As obras das unidades dos bairros Centro/Mossoró, Campo Redondo, Parque Arruda, Porto da Aldeia estão em fase de acabamento. As intervenções na nova USF do Porto do Carro estão na fase de preparação de cobertura. O Prefeito Cláudio Chumbinho explicou a evolução da obra.



"A construção dessas cinco Unidades de Saúde é fruto da parceria com o Governo Federal. As obras estão bem adiantadas, são quatro unidades em fase de acabamento e uma que entrou na fase de cobertura. A evolução dessas obras depende do repasse da verba para o município, se tem atraso no repasse, também vai atrasar a entrega da unidade. As novas Unidades de Saúde têm ótimas estruturas e vão abrigar consultório dentário e médico, sala de vacina, cozinha, sala de curativo, recepção e banheiros. São ambientes amplos para melhor atendimento à população", disse Prefeito Cláudio Chumbinho. 



                De acordo com o secretário de Urbanismo, Wilmar Mureb, o atraso na retomada das obras da unidade foi devido à mudança do ano fiscal. “As retomadas burocráticas são mais complicadas. A mudança de ano fiscal engloba um novo orçamento, o que afeta diretamente no andamento e no repasse de verbas. A partir de agora, com a regularização dessa situação, estamos retomando paulatinamente as obras do município, não só as unidades de saúde, mas também outras que estavam temporariamente paralisadas. Os empreiteiros já estão mobilizando as equipes e, gradativamente, os trabalhos serão intensificados”, esclareceu.



Nas unidades, a população receberá acompanhamento, serviços de prevenção e promoção à saúde. De acordo com o projeto, as construções obedecem às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os ambientes contarão com consultórios odontológicos, ginecológicos, básicos, recepção, farmácia, sala de palestras, de reunião, administração, vacina, curativo, banheiros, entre outros.




 “A ampliação da Atenção Básica é uma das metas do Prefeito Cláudio Chumbinho para a saúde aldeense. Até o final do governo, nosso objetivo é ter 100% da nossa população coberta com a Estratégia de Saúde da Família, que realiza um trabalho de prevenção. Com essas unidades, vamos ampliar e qualificar o atendimento à população, melhorando o acolhimento aos moradores e as condições de trabalho da equipe”, falou a secretária de Saúde, Isaura Oliveira.