Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Prefeitura de São Pedro da Aldeia muda nome do Núcleo de Educação Especial para Escola Municipal

Por Marianne Rodrigues em 03/07/2017
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, muda o nome do Núcleo de Educação Especial Pedro Paulo Lobo de Andrade (NESPE) para Escola Municipal. A mudança foi definida durante reunião com educadores e responsáveis de alunos do NESPE, juntamente com a Coordenação de Conselhos Escolares. Na ocasião, também houve a votação de um novo conselho.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria Municipal de Educação, muda o nome do Núcleo de Educação Especial Pedro Paulo Lobo de Andrade (NESPE) para Escola Municipal. A mudança foi definida durante reunião com educadores e responsáveis de alunos do NESPE, juntamente com a Coordenação de Conselhos Escolares. Na ocasião, também houve a votação de um novo conselho.



O Núcleo de Educação Especial Pedro Paulo Lobo de Andrade passa a ser Escola Municipal de Educação Especial Pedro Paulo Lobo de Andrade. Com a troca do nome, haverá também mudança nas questões pedagógicas com proposta escolares.



De acordo com o diretor de Educação Inclusiva e Orientação Educacional, Diogo Souza, a mudança é na concepção pedagógica e didática do trabalho, pois não haverá mudança física, em sua estrutura arquitetônica, mas sim na metodologia de trabalho. “Como núcleo, o local era confundido com centro de assistencialismo e reabilitação e nunca como unidade escolar. Nessa proposta, queremos dar cara de escola à unidade e, com isso, mudar toda estrutura pedagógica e educacional.O impacto na vida dos alunos será gradual conforme desenvolvimento do trabalho pedagógico, preparando-os para a inclusão social. A nova proposta é exatamente de desenvolver o aluno e prepará-lo para a autonomia e vida independente na sociedade”, afirmou.