400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

Prefeitura inaugura no Pronto-Socorro Unidade Intermediária para pacientes graves

Por Raíra Morena em 02/10/2013
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Saúde, inaugura, nesta sexta-feira (04), às 15h, um importante serviço de atendimento à pacientes graves: a Unidade Intermediária (UI), instalada no Pronto-Socorro Municipal. Composta por dois leitos, a ala fixa será destinada à internação temporária de pacientes potencialmente críticos e que requerem atenção médica e de enfermagem contínua.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Saúde, inaugura, nesta sexta-feira (04), às 17h, um importante serviço de atendimento à pacientes graves: a Unidade Intermediária (UI), instalada no Pronto-Socorro Municipal. Composta por dois leitos, a ala fixa será destinada à internação temporária de pacientes potencialmente críticos e que requerem atenção médica e de enfermagem contínua.

Segundo o Prefeito Cláudio Chumbinho, o funcionamento da Unidade é parte de uma política municipal de humanização do atendimento, com foco na promoção, proteção e recuperação da saúde como direito fundamental do ser humano. "Estamos trabalhando muito para proporcionar a melhoria da qualidade do atendimento no Pronto-Socorro. A ativação dessa unidade é mais uma conquista para o nosso município, que vai ajudar muito na recuperação e estabilização dos pacientes graves", disse.


De acordo com a diretora geral do Pronto-Socorro, Leylane Elias, o funcionamento do espaço atende a todas as exigências sanitárias, em conformidade com as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Saúde. “Adequamos a sala, todos os materiais e equipamentos de acordo com os padrões exigidos pela Anvisa, visando à defesa da saúde dos pacientes e profissionais envolvidos. Já fizemos o treinamento da equipe, que já está preparada para prestar assistência aos casos graves que chegarem à emergência", ressaltou.


Na Unidade Intermediária serão atendidos pacientes críticos ou potencialmente críticos, com comprometimento de um ou mais dos principais sistemas fisiológicos, com perda da autorregulação, necessitando substituição artificial de funções ou ainda que apresentem potencial risco de agravamento do quadro, que necessitam de assistência e cuidados contínuos.


O espaço terá à disposição profissionais de saúde integrantes da equipe plantonista, composta por médico, enfermeiros, técnicos em enfermagem e fisioterapeuta, que farão a avaliação e o cuidado ao paciente grave, segundo o Sistema de Classificação de Severidade da Doença.  Os leitos contarão com ajuste de posição, grades laterais e rodízios e serão equipados com monitor cardíaco multiparâmico, respirador mecânico, equipamento para macronebulização, oxigenioterapia e aspiração á vácuo, bomba de infusão, entre outros materiais específicos destinados ao diagnóstico e terapia.

 

Tópicos: Pronto-Socorro , Pacientes graves , Urgência e Emergência , UI