Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Prefeitura reúne diretores escolares para tratar de decisões sobre a greve

Por Viviane Teixeira em 04/05/2016
Imagem da Notícia: O secretário municipal de Educação de São Pedro da Aldeia, professor Evaldo Bittencourt, acompanhado pelo Procurador Geral do município, Cristiano de Oliveira, pelo secretário municipal de Administração, Antônio Carlos Teixeira, e pelo secretário de Ordem Pública, Eronildes Bezerra, reuniu na tarde de segunda-feira, dia 2 de maio, diretores das escolas municipais para falar sobre a decisão judicial que estabeleceu limites para a greve dos profissionais da educação no município.


O secretário municipal de Educação de São Pedro da Aldeia, professor Evaldo Bittencourt, acompanhado pelo Procurador Geral do município, Cristiano de Oliveira, pelo secretário municipal de Administração, Antônio Carlos Teixeira, e pelo secretário de Ordem Pública, Eronildes Bezerra, reuniu na tarde de segunda-feira, dia 2 de maio, diretores das escolas municipais para falar sobre a decisão judicial que estabeleceu limites para a greve dos profissionais da educação no município.



De acordo com o Procurador, ficou definido que 70% dos profissionais de cada área de atuação, e por turno, devem estar dentro das escolas com o objetivo de garantir o direito dos alunos às aulas. Também ficou definido o valor de R$50 mil de multa diária ao SEPE/Costa do Sol no caso do descumprimento da decisão.



“As aulas não podem ser interrompidas, já que a paralisação causa prejuízo aos alunos. Queremos deixar claro que respeitamos o direito de greve, mas precisamos garantir o serviço prestado pelo município”, disse Cristiano de Oliveira.

O próximo passo no que diz respeito ao posicionamento da Prefeitura de São Pedro da Aldeia com relação à greve dos profissionais da educação, será a audiência no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, no dia 17 de maio, que contará com as presenças de representantes dos Poderes Executivo e Judiciário, e do próprio Sindicato, visando chegar a um acordo sobre reivindicações e decisões a serem tomadas.


Sobre a situação da greve, o secretário Evaldo Bittencourt falou das ações tomadas pela atual administração municipal e o trabalho sério que vem sendo aplicado na SEMED:


“Realizamos um concurso público, demos posse a mais de mil profissionais só na área da educação, capacitamos professores e cumprimos a Lei nº 11.738, que institui o Piso Nacional do Magistério e a redução da carga horária, em função de tudo isso, o município de São Pedro da Aldeia tem tido reconhecimento em outros municípios e podemos dizer, que a médio ou longo prazo, os resultados do que tem sido feito pela educação aldeense serão evidentes”.


Também fizeram parte da reunião a secretária adjunta de Educação, Edlúcia Marques, e a diretora da pasta, Júlia Regina Pereira.