Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Projeto “Bolsa Família Na Sua Escola” atende mais de 150 famílias da zona rural

Por Raíra Morena em 22/12/2014
Imagem da Notícia: Realizado pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a primeira edição do Projeto “Bolsa Família Na Sua Escola” atendeu, ao todo, 156 famílias residentes na zona rural do município. A mobilização percorreu seis unidades escolares da rede pública de ensino, localizadas nos bairros São Mateus, Parque Arruda, Cruz, Papicu, Retiro e Pau Ferro, com o objetivo de promover um mutirão de atendimentos sociais, inclusão no CADÚnico, palestras, pesagem e medição de altura de beneficiários, além de orientações sobre os programas e serviços. As atividades foram desenvolvidas por equipes de assistentes sociais, agentes administrativos e agentes comunitários de saúde.

 

Realizado pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, a primeira edição do Projeto “Bolsa Família Na Sua Escola” atendeu, ao todo, 156 famílias residentes na zona rural do município. A mobilização percorreu seis unidades escolares da rede pública de ensino, localizadas nos bairros São Mateus, Parque Arruda, Cruz, Papicu, Retiro e Pau Ferro, com o objetivo de promover um mutirão de atendimentos sociais, inclusão no CADÚnico, palestras, pesagem e medição de altura de beneficiários, além de orientações sobre os programas e serviços. As atividades foram desenvolvidas por equipes de assistentes sociais, agentes administrativos e agentes comunitários de saúde. 

Segundo a coordenadora do Programa Bolsa Família na área de Assistência Social, Simone dos Santos, a primeira edição do Projeto teve saldo positivo. “Foram 45 dias de ação nas escolas, em semanas alternadas, em parceria com as secretarias de Educação e Saúde. Acredito que atingimos o nosso objetivo, que era nos aproximar dessas famílias, levando atendimentos para essa população que, em sua grande maioria, tem dificuldade de acesso às informações e serviços por conta da distância e também pela falta de condições financeiras para utilizar o transporte público. Estamos muito felizes com a realização desse projeto, que contou com total apoio e incentivo da nossa Secretária Ester Chumbinho. Foi muito gratificante para todos nós ter o projeto reconhecido e aprovado por todos os diretores das escolas e pelos próprios usuários”, finalizou.

Diretora da Escola Municipal Paulo Roberto Marinho, no bairro São Mateus, Jacqueline de Paula foi uma das gestoras escolares a elogiar a iniciativa da Prefeitura. “Gostaria de agradecer e parabenizar a Prefeitura pela maravilhosa semana que foi proporcionada à nossa comunidade escolar. Parabenizamos a todos os profissionais dedicados do Bolsa Família, CRAS e CREAS, que fizeram parte deste projeto e prestaram atendimentos aos nossos alunos e pais beneficiários”, disse.

Durante o Projeto, as unidades escolares contaram com uma equipe formada por dois assistentes sociais e dois entrevistadores do CADÚnico, que prestaram atendimento de terça à sexta-feira, sempre acompanhando o calendário escolar das unidades. Além do recadastramento e inclusão no CADÚnico, as famílias contaram com atividades diárias nas escolas, como palestras sobre os serviços oferecidos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS), orientações sobre os serviços, programas e seus benefícios. Já o serviço de pesagem e medição de altura das famílias beneficiárias do Bolsa Família foi feito por agentes comunitários de saúde dos bairros.  

O objetivo da pesagem é fazer o acompanhamento nutricional dos beneficiários. É um procedimento que faz parte da legislação do Bolsa Família e deve ser feito duas vezes ao ano, uma no primeiro semestre e a outra no segundo. Além de ser uma das condicionalidades para a manutenção do benefício, também é um direito básico do cidadão”, ressaltou a coordenadora.

Todos os formulários do CADÚnico preenchidos durante a ação foram encaminhados para a sede do Programa Bolsa Família, no Centro da cidade, para serem digitados. Segundo a assistente social Márcia Melo, uma das profissionais envolvidas na ação, o Projeto também serviu de alerta às famílias do Bolsa Família para o acompanhamento das condicionalidades do programa. 

É muito importante que os pais beneficiários estejam cientes da importância de acompanhar o calendário de condicionalidades, que prevê, dentre outras coisas, visitas periódicas ao posto de saúde, a pesagem, o controle da vacinação e frequência escolar dos filhos. Muito mais do que garantir o recebimento do benefício financeiro, o acompanhamento familiar dos compromissos previstos no programa significa o acesso a direitos básicos”, destacou.