Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Projeto BuZum! é sucesso nas escolas de São Pedro da Aldeia

Por Marianne Rodrigues em 19/10/2017
Imagem da Notícia: Os alunos da E. M. José Teixeira Paulo, E. Mz. Paineira, ambas no bairro Balneário, e da E. M. Antônio Vaz da Silva, no Recanto Sol, participaram do projeto BuZum!, que está levando pequenas apresentações teatrais às cidades da região por meio de um ônibus itinerante. Ao todo, 1.029 estudantes participaram dos três dias de apresentação da peça teatral“Que lixo é lixo?”, uma parceria entre a CCR Via Lagos e a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação. O secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, e o Subsecretário de Turismo, Luiz Carlos Rocha, participaram do evento.

Os alunos da E. M. José Teixeira Paulo, E. Mz. Paineira, ambas no bairro Balneário, e da E. M. Antônio Vaz da Silva, no Recanto Sol, participaram do projeto BuZum!, que está levando pequenas apresentações teatrais às cidades da região por meio de um ônibus itinerante. Ao todo, 1.029 estudantes participaram dos três dias de apresentação da peça teatral“Que lixo é lixo?”, uma parceria entre a CCR Via Lagos e a Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação. O secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, e o Subsecretário de Turismo, Luiz Carlos Rocha, participaram do evento.


 

O secretário de Educação, professor Walzi Sampaio, que esteve acompanhado de sua esposa, fala sobre o projeto.  "A arte produz uma forma singular de conhecimento, muito própria às crianças -- a arte itinerante, no magnífico e generoso projeto da CCR, abre a experiência artística sob condições pouco usuais a um público que sem o contexto único dos BuZumS não teria acesso a esta forma de cognição e expressão. É uma honra para mim e para minha esposa termos participado do evento", salientou. 


 

Promovida em um ônibus que se transforma em sala de teatro, a peça teve espaço para plateia com 50 espectadores por sessão. O espetáculo “Que lixo é lixo?” abordou as consequências do consumo exagerado de produtos e do descarte incorreto de resíduos, por meio de objetos cênicos desenvolvidos a partir de embalagens descartáveis, como caixas de leite, garrafas pet e latas de alumínio.


 

O enredo contou a história de dois astronautas que, durante uma viagem espacial, percebem que nosso planeta está sufocado com o lixo gerado pelo homem. Ao retornarem a Terra, eles contam às crianças os estragos causados pelo lixo, ressaltando, de forma lúdica e divertida, a importância de reutilizar e reciclar o que chamamos de “lixo”.


 

Segundo a diretora adjunta da Escola Municipal José Teixeira Paulo, Clarisse Ribeiro, a peça mostrou para os estudantes que o mundo precisa de ajuda e que é preciso ajudar nessa missão. “Os alunos precisam saber a importância deles no mundo e a responsabilidade que se tem diante dessa mudança e o espetáculo mostrou isso”, afirmou.


 

Após as apresentações, cada criança recebeu um gibi e um teatro de papel para brincarem e montarem sua própria peça. Os educadores receberam o "Livro do Professor", que contém os espetáculos da BuZum! em formato de história em quadrinho. O mini teatro BuZum! leva seus espetáculos gratuitamente aos alunos da rede de ensino por meio de patrocínio via Lei Rouanet de Incentivo à Cultura.