400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia elabora Plano Municipal da Mata Atlântica

Por Renato Silveira em 03/12/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Ambiente, Lagoa e Pesca, em parceria com a Superintendência de Biodiversidade e Florestas – SEA, a Associação Estadual de Municípios do Rio de Janeiro - realizou, nesta quarta feira (03) a “2ª Oficina Local para elaboração do Plano Municipal da Mata Atlântica de São Pedro da Aldeia”. O evento foi realizado na sede da Associação Comercial, Industrial e Turística de São Pedro da Aldeia, (Aciaspa), coordenado pela representante da Superintendência de Biodiversidade e Florestas, Jandira Abraão.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, através da Secretaria de Ambiente, Lagoa e Pesca, em parceria com a Superintendência de Biodiversidade e Florestas – SEA, a Associação Estadual de Municípios do Rio de Janeiro -  realizou, nesta quarta feira (03) a “2ª Oficina Local para elaboração do Plano Municipal da Mata Atlântica de São Pedro da Aldeia”. O evento foi realizado na sede da Associação Comercial, Industrial e Turística de São Pedro da Aldeia, (Aciaspa), coordenado pela representante da Superintendência de Biodiversidade e Florestas, Jandira Abraão.

 

A 2ª Oficina objetivou avançar sobre pontos discutidos durante o primeiro evento, realizado em 2013, quando foram listados pontos preservados e pontos originários de conflito dentro da área da Mata Atlântica aldeense.

Os participantes foram divididos em grupos com o objetivo de apresentar propostas para a elaboração do Plano Municipal da Mata Atlântica.

De acordo com a secretária de Ambiente, Adriana Saad, São Pedro da Aldeia está se mobilizando para preservar o que restou de Mata Atlântica no município.

“Hoje temos menos de 10% da área original de nossa Mata Atlântica e não temos apenas que preservar risso, mas tambpem reflorestar” afirmou

Participaram do encontro, representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente, outras secretarias municipais e órgãos estaduais como a Emater, Inea, guardas parques, produtores rurais e representações de Ongs afins ao tema.