400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia participa da 3ª Conferência Nacional de Economia Solidária em Brasília

Por Luana Macêdo em 26/11/2014
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, participará nesta quinta-feira (27), da 3ª Conferência Nacional de Economia Solidária (CONAES), em Brasília. O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu e Roberto dos Santos, representante das comunidades quilombolas empreendedoras, estarão presentes em nome do município aldeense. O evento vai até o sábado (29) e discutirá o tema “Construindo um Plano Nacional de Economia Solidária para promover o direito de produzir e viver de forma associativa e sustentável”.



A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da secretaria de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, participará nesta quinta-feira (27), da 3ª Conferência Nacional de Economia Solidária (CONAES), em Brasília. O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu e o representante das comunidades quilombolas empreendedoras, Roberto dos Santos, estarão presentes em nome do município aldeense.  O evento vai até o sábado (29) e discutirá o tema “Construindo um Plano Nacional de Economia Solidária para promover o direito de produzir e viver de forma  associativa e sustentável”.


Durante a conferência serão discutidos desafios como “Enfrentar a sobreposição de políticas públicas através da transversalidade”; “Observar as demandas específicas de cada ramo do cooperativismo”; “Registro não obrigatório da OCB, em razão da liberdade de associação”; “Registro de cooperativas no cartório civil de pessoas jurídicas”; “Garantir o princípio da isonomia nas licitações públicas para as cooperativas”; “Lei complementar para regular o adequado tratamento tributário ao ato cooperativo”; Crise de representação provocado pelo desgaste da institucionalização”; “Adoção de práticas sustentáveis como novo paradigma ambiental”; “Mudança de foco estratégico para maior aprofundamento das demandas de cada atividade laborativa ao invés da institucionalização do movimento” e “Consolidação de uma frente parlamentar ecsol no Rio de Janeiro”.



O secretário de Agricultura, Abastecimento, Trabalho e Renda, Dimas Tadeu, destacou a importância da participação do município.


“É de extrema importância para o município estar nessa conferência que reunirá todos os Estados do Brasil. Sediamos discussões regionais pré-conferências e participamos com uma grande delegação aldeense, o que foi bastante proveitoso para a cidade. Para a conferência nacional fui definido como delegado, juntamente com o Roberto dos Santos, vamos  a Brasília para discutir programas governamentais, políticas de desenvolvimento e aparelhamento dos grupos. Participaremos ainda da criação do Plano Nacional de Economia Solidária, para o próximo quadriênio. Levaremos propostas para serem executadas em São Pedro da Aldeia e esperamos voltar com grandes novidades para a cidade”, afirmou Dimas.


Roberto dos Santos, representante das comunidades quilombolas de São Pedro da Aldeia, destacou os assuntos a serem abordados.


“Estaremos representando São Pedro da Aldeia para discutir e levarmos propostas de melhorias para a cidade. Debateremos assuntos como o fortalecimento da alimentação, por meio do programa de agricultura familiar, melhorias nas cooperativas e economia solidária nas comunidades quilombolas”, disse Roberto.


No cronograma estão previstos ainda a discussão de proposições como “Busca de núcleo problemático central para a economia solidária”, “As várias faces de uma mesma economia: economia solidária, economia criativa, economia popular e empreendedorismo”; “Assessoria para que serve? Inflação de demandas, aparelhamento estatal e participação das universidades”; “Ambiente corporativo”; “Aspectos de nossa Era (Globalização)”; “Indicativos de um sistema social (Estado)”; “Atividade, Modos de Gestão e Autogestão”; “Amostragem de experiências: Agricultura familiar, catadores de resíduos sólidos” e “Experiência de Autogestão”. 

 

Vale lembrar que no primeiro semestre desse ano, São Pedro da Aldeia participou da Conferência Estadual de Economia Solidária, realizada no Rio de Janeiro, com seis delegados instituídos representando o município aldeense.