Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

São Pedro da Aldeia realiza capacitação continuada de Língua Portuguesa a educadores

Por Marianne Rodrigues em 11/05/2018
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, promove o curso anual “O ensino da Língua Portuguesa da teoria à prática: Múltiplas possibilidades - cantar, ler, avaliar, pensar, produzir e escutar (CLAPPE)”,destinado a educadores da rede municipal. O curso tem carga horária de 60 horas e oito encontros por ano, sempre realizados no Centro de Formação Continuada Professora Ismênia Trindade dos Santos (CEFOR), no bairro Nova São Pedro. O terceiro encontro aconteceu na semana de avaliações do 1º trimestre da rede municipal de São Pedro da Aldeia, sob a temática “Avaliar”.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, promove o curso anual “O ensino da Língua Portuguesa da teoria à prática: Múltiplas possibilidades - cantar, ler, avaliar, pensar, produzir e escutar (CLAPPE)”,destinado a educadores da rede municipal. O curso tem carga horária de 60 horas e oito encontros por ano, sempre realizados no Centro de Formação Continuada Professora Ismênia Trindade dos Santos (CEFOR), no bairro Nova São Pedro. O terceiro encontro aconteceu na semana de avaliações do 1º trimestre da rede municipal de São Pedro da Aldeia, sob a temática “Avaliar”.



Ministrado pela tutora Cristina Braga, o curso é destinado a professores de Língua Portuguesa da rede municipal de ensino, do 6º ao 9º ano. Em cada mês é abordada uma proposta específica. O primeiro encontro do ano, realizado no mês de março, teve como foco o "Pensar". Já o encontro de abril abordou o "Produzir".



Os cursistas levaram cópias das avaliações que prepararam para os alunos. Durante o encontro, essas avaliações foram analisadas em grupo. Foram ressaltadas as qualidades de cada uma delas e feitas sugestões para o aprimoramento na elaboração das avaliações. Também foram levantadas reflexões acerca do conteúdo desenvolvido no 1º trimestre em cada série e sobre as propostas de 2017 e 2018. Em seguida, foi iniciado o estudo sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), discutindo as 10 competências específicas de Língua Portuguesa para o ensino fundamental.