400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia realiza Simpósio da Saúde Integral da População Negra

Por Luana Macêdo em 18/12/2013
Imagem da Notícia: A Prefeitura aldeense, através da Secretaria de Saúde, está realizando o 1° Simpósio Municipal da Saúde Integral da População Negra, na Câmara Municipal de São Pedro da Aldeia. O evento se estenderá até às 17h dessa quarta-feira (18), com o objetivo de discutir Política Nacional de Saúde da População Negra. Pela manhã, o vice-prefeito Iédio Rosa, representando o Prefeito Cláudio Chumbinho, o Presidente do Legislativo aldeense, o vereador Guga de Mica, o Coordenador da Promoção da Igualdade Racial, Sérgio Rodrigues e a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição estiveram presentes. O representante da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, Celso Moraes, as matrizes africanas e representantes quilombolas também compareceram ao simpósio.

A Prefeitura aldeense, através da Secretaria de Saúde, está realizando o  1° Simpósio Municipal da Saúde Integral da População Negra, na Câmara Municipal de São Pedro da Aldeia. O evento se estenderá até às 17h dessa quarta-feira (18), com o objetivo de discutir Política Nacional de Saúde da População Negra. Pela manhã, o vice-prefeito Iédio Rosa, representando o Prefeito Cláudio Chumbinho, o Presidente do Legislativo aldeense, o vereador Guga de Mica, o Coordenador da Promoção da Igualdade Racial, Sérgio Rodrigues e a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição  estiveram presentes. O representante da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, Celso Moraes, as matrizes africanas e representantes quilombolas também compareceram ao simpósio.



Segundo o vice-prefeito, Iédio Rosa, as discussões de políticas públicas de saúde são de extrema importância no município aldeense.


“ Em nome do Prefeito Cláudio Chumbinho agradeço aos presentes a este simpósio. É com enorme alegria que recebemos na nossa cidade representantes da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, para abordarmos diversos assuntos pertinentes a saúde da população negra. A parceria município – Estado facilita  a prestação de serviços da saúde completa. Desejo sucesso a todos e com certeza o que for decidido de melhor para a cidade terá o aval do Prefeito Cláudio Chumbinho”, afirmou Iédio.



De acordo com o representante da Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa, Celso Moraes, o simpósio representará avanços na saúde aldeense.


Agradeço o convite, por estar representando a Câmara Técnica Estadual de Gestão Estratégica participativa nesse simpósio. Espero que possamos avançar em São Pedro da Aldeia, no entendimento de políticas de saúde,  para a população negra”, afirmou Celso.



Destacando a programação executada durante o simpósio, a coordenadora municipal de Vigilância em Saúde, Eliane Conceição, agradeceu a presença dos representantes e falou dos temas abordados durante o simpósio.


 “O Prefeito Cláudio Chumbinho está dando todo o incentivo e apoio ao evento, pois entende a importância de promover a qualidade na atenção de saúde oferecida a esse segmento, além de prezar por uma gestão cada vez mais participativa. Vamos falar de diversos temas como o Sistema Único de Saúde, com a presença da Ouvidoria SUS,  e cultura e antropologia negra. Abordaremos as políticas públicas de saúde de forma geral, com um olhar para o todo”, afirmou Eliane.



Os ciclos de palestras são divididos e mediados pela coordenadora municipal de Vigilância. Na pauta do dia, profissionais de saúde abordarão as políticas públicas de saúde, práticas integrativas e complementares no SUS, os olhares diversos sobre o indivíduo afro-descendente no cotidiano, abordagem e comorbidades mais comuns do paciente negro, riscos das doenças genéticas e hereditárias vinculadas à etnia, como a anemia falciforme e a hipertensão arterial maligna, dentre outros temas ligados à qualidade de vida da população negra. Todas as discussões são direcionadas e abertas tanto aos profissionais de saúde quanto para os membros da sociedade civil presente. As explanações são abertas para perguntas e dúvidas.