400 anos de são pedro da aldeia

É Tempo de Viver Bem

São Pedro da Aldeia recebe reforço no combate contra Dengue

Por Keyla Marques em 23/12/2015
Imagem da Notícia: A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, recebeu na terça-feira (22) um carro para reforçar o combate contra o mosquito Aedes Aegypti cedido pelo Governo do Estado. O governador Luiz Fernando Pezão entregou 276 veículos a 91 municípios para auxiliar nas ações de combate a endemias.

A Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Saúde, recebeu na terça-feira (22) um carro para reforçar o combate contra o mosquito Aedes Aegypti, cedido pelo Governo do Estado. O governador Luiz Fernando Pezão entregou 276 veículos a 91 municípios para auxiliar nas ações de combate às endemias e o prefeito Cláudio Chumbinho esteve presente para trazer essa conquista ao município.


"O município de São Pedro da Aldeia já entendeu a importância de combater o mosquito Aedes Aegypti. Estamos com nosso projeto de verão em andamento. Essa parceria com o Governo do Estado é uma conquista para nosso município. Com esse reforço agilizamos nossas ações de combate às endemias", disse Cláudio Chumbinho.


         


O Prefeito da cidade aldeense participou da cerimônia de entrega que aconteceu no quartel do Corpo de Bombeiros, em Guadalupe, na Baixada Fluminense, e trouxe para o município um carro que foi entregue a equipe da Secretaria de Saúde. As prefeituras receberam a doação de carros, que foram adquiridos com a verba do Ministério da Saúde, para uso em investigação de casos de dengue, chikungunya e zika vírus. Essa verba é referente à rubrica Vigilância em Saúde, para uso exclusivo em ações de Vigilância Epidemiológica, de acordo com as medidas tomadas por cada município.


         


“Os municípios precisam de carro para as ações, precisam se ambulância para transportar seus pacientes. E essa é uma verba específica para a Vigilância Sanitária, que é destinada para isso”, ressaltou o governador.

 

A cidade aldeense está com um projeto especial de verão, pois há neste período aumento de população flutuante e focos do mosquito transmissor. O projeto, que começou no mês de Dezembro irá até o mês de Março de 2016 e atende cerca de 125 imóveis por semana.